Pular para o conteúdo principal

OP indica um canal sobre Azur Lane

**Yostar** Copidesque: ChatGPT 4o A Yostar é uma empresa japonesa conhecida por seu papel de destaque no desenvolvimento e publicação de jogos mobile, com grande foco na criação de experiências imersivas e envolventes. Fundada em 2014, a Yostar rapidamente se estabeleceu como uma das principais desenvolvedoras do gênero gacha, conquistando fãs ao redor do mundo. **Jogos de Sucesso** Entre seus lançamentos de maior sucesso estão *Azur Lane*, *Arknights* e *Blue Archive*. Cada um desses jogos apresenta uma combinação única de mecânicas de jogo, narrativas cativantes e visuais atraentes que têm capturado a imaginação dos jogadores. *Azur Lane*, por exemplo, transforma navios de guerra históricos em personagens anime chamadas shipgirls, que lutam contra inimigos em uma narrativa rica e complexa. *Arknights* é um jogo de defesa de torre com uma narrativa distópica e design de personagens únicos, enquanto *Blue Archive* oferece uma experiência de RPG escolar com uma trama envolvente e person

Humanidade: Arte e Artista





 


Humanidade- Arte e Artista!


 


Apesar do título, esse texto é meramente reflexivo, ou seja, sem nenhuma base teórica fixa, apenas reflexões minhas. Não pude conhecer novos lugares para realizar uma crítica, então, atualizo com isso. :)


O que nós somos? Estava pensando isso ontem à noite.  Cada especialização do conhecimento humano nos dará uma resposta diferente. Somos carne, química, genética, alma, intelecto, moral, enfim, a Humanidade tenta se definir e se conhecer, mas nos definir apenas por conhecimento das partes não explica o todo que somos. Então, eu tento definir a Humanidade como arte e artista. Cada um de nós é um artista que desenha o mundo ao seu redor e ajuda a escrever o nosso ambiente e história. Com isso, a Humanidade passa a ser reflexo do mundo criado pelo artista individual- o Homem. Porém, o Homem por isso só é arte criada por outros artistas que são seus progenitores (seu pais e avós), ou seja, o Homem-Individual passa a ser arte de outros indivíduos de sua espécie. Somos arte. Somos artistas. Somos Mente que cria e é criada. Então, nos definir como arte e artistas também não basta. Somos causa e efeito de nós mesmos. O mundo que nós criamos é um reflexo do Homem (microambiente) e da Humanidade (macroambiente). Mas o que somos então? Todos nós somos Alpha e Ômega, ou seja, Princípio e o Fim do ambiente que nos cerca. Somos infinitas possibilidades do certo e do errado. Logo, somos escolhas. Nossas escolhas e escolhas de nossos pais. Somos probabilidades que se concretizaram. Seria isto obra do determinismo (Destino), de uma Inteligência (Planejamento Inteligente), ou do Caos (Quântico)? Quanto mais me aprofundo, mais a questão torna-se complexa. É como disse no início, não há como definir o que somos apenas pelo conhecimento das partes, porque é uma rede de perguntas e respostas que não cabe a um texto filosófico de blog. Então, escolho a física poética e nos defino como “árvore-semente” que nasce e gera a ela mesma, no mesmo instante temporal, ou seja, árvore que é tronco, raiz e semente no mesmo espaço temporal em que é analisada. Voltei ao início, um ser que é artista e arte. Humanidade- indivíduos em construção recíproca, com diversas escolhas probabilísticas. É...


 


NOTA DEZ


 


Nota DEZ para os japoneses que cansaram de assistir suas produções adaptadas pessimamente por estadunidenses e criaram duas companhias para, elas mesmas, cuidarem das produções e adaptações de seus animês/produtos para o ocidente. Já estava na hora. Seguiram o exemplo de sucesso da Marvel que criou um estúdio para cuidar das adaptações de suas Hq’s para os cinemas. Parabéns!!!!


 


NOTA ZERO


 


Para a Claro! Pela falta de informações e por um bloqueio ridículo! Comprei um celular para mim. O celular tinha um plano com limite X e, apesar de estar com todas as contas pagas em dia, quando ultrapassou o limite X, eles bloquearam o aparelho para enviar chamadas. Que pouca vergonha! Além de terem dito que isso só aconteceria no primeiro mês, o que não foi verdade, pois se repetiu novamente este mês, eles tem a audácia de bloquear um aparelho devidamente pago! É ZERO para eles!


 


CLIPES


 Pato Fu- Antes que seja Tarde e Rodrigo Rossi- Dragon Soul! Hoje, na verdade, fiz uma pequena mudança. Ao invés de uma j-song, eu coloquei uma adaptação de uma j-song porque a versão brasileira ficou ótima! :) 













Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof