sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Drops: Eden's Zero & Filmes em streaming!


Drops: Eden’s Zero & Filmes Via Streaming

Eden’s Zero

Disponível no Brasil via editora  JBC!



Eden’s Zero é a nova obra do mestre Hiro Mashima. Vou escrever mais sobre ela em outro texto. E eu a tenho acompanhado através do aplicativo para leitura de mangás do Crunchyroll. O que destaco, neste momento, é o esforço do autor em se reinventar. Seria fácil copiar o que deu certo em Fairy Tail (FT), entretanto, estou notando que o autor está se esforçando para fazer algo novo. Evidentemente, temos algumas referências aqui e acolá, assim como easter eggs escondidos, mas a história gira em torno de uma ficção que pouco lembra, até este momento, Fairy Tail. É um esforço genuíno. E este esforço tem deixado a história caminhar longe de sua “irmã” mais velha (FT). Se vai conseguir convencer o público é outra questão. Segundo o ANN, o primeiro volume da saga não decolou muito em vendas (30K). Vamos torcer pelo sucesso desta obra!  



Filmes de animês via streaming

O passo natural para a evolução do streaming passa pela exibição de filmes em seus catálogos. Escrevo isso tendo em mente o nicho de portais para animês que, até então, tinham esta limitação. Ao que parece, esta evolução começou. O HIDIVE, por exemplo, nos trouxe o filme “No Game, No Life Zero”. Assisti dublado em espanhol e achei incrível. É isso que tem que ser feito: aumentar o catálogo com a inclusão de filmes e OVAs. Mais para frente vou criar um texto analisando o filme em questão. Parabéns para o Crunchyroll e para o HIDIVE que estão crescendo neste sentido.  




quarta-feira, 3 de outubro de 2018

No Dia das Eleições!




Eleição

No dia da eleição;
Não use camisa de candidato;
Não assine o número dele na lista com seu nome! Não!
Dá anulação e isso é fato!

Precisamos nos concentrar no voto;
Para defender a nossa Nação;
Não esqueça de levar documento com foto;
Todos juntos com uma única paixão.

Não precisa gritar seu voto na hora de votar;
Isso é outra coisa que pode atrapalhar;
Devemos nos concentrar em votar;
Livrar o Brasil desta quadrilha que deseja retornar.

Leve uma cola com os números de seus candidatos;
Para na hora não errar;
Tudo ajuda nesse momento. Sejamos sensatos.
Devemos pelo Brasil lutar.



segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Esclarecimento sobre alguns trabalhos!


Meus trabalhos em nova casa

Alguns de meus trabalhos estão saindo da antiga editora. Eu estava descontente com o serviço de vendas. Como podem ver pela loja Amazon dos EUA, um  exemplar do Faces de Deus está sendo vendido por 175 dólares. Entrei em contato para verificar a possibilidade da redução do preço, pois até na Amazon do Brasil o livro está bem caro. Citei o caso dos livros sendo vendidos pela loja virtual. Foi-me dito que a própria Amazon adquiriu um exemplar e está definindo este valor para o mercado. Então, parece-me que o sistema de vendas da editora perdeu o controle da situação e eu não gostei disso.





Nesse sentido, pensei em contra-atacar o preço da Amazon imprimindo exemplares a preço menor e colocando o mesmo na loja virtual. Procurei gráficas e encontrei uma com um bom custo para o autor. Ao pedir os arquivos finais (capa e miolo) da antiga editora, fui lembrado que não poderia usar outra gráfica com estes arquivos, sob pena de cometer crime por usar o logo da Scortecci. Um obstáculo jurídico que não tinha percebido. Segundo o formulário, eu não poderia usar o logo, a ficha catalográfica, o isbn e qualquer coisa que remetesse à editora.

Então, decidi começar tudo do zero. Já informei a Scortecci para cancelar o serviço de vendas dos títulos mencionados. O Faces de Deus, o Fé de mais, ou Fé de menos?,  e o Eu Falei de Crise estarão migrando para a nova editora aos poucos. Nova ficha catalográfica, novo ISBN (impresso e digital), nova capa (com as mesmas incríveis imagens criadas por Ale Nagado) e novo serviço de vendas. O registro autoral do Eu Falei de Crise já está garantido pela Biblioteca Nacional, bem como dos demais trabalhos. Para outubro, já estou trabalhando na readaptação e relançamento do Faces de Deus e do lançamento oficial do Eu Falei de Crise. Em novembro, levarei o Fé de mais, ou Fé de menos? para lá.

Trabalho de Ale Nagado nas capas dos meus livros. 


Desta forma, apesar do pequeno contratempo, eu conseguirei honrar com a minha palavra e conseguirei lançar o Eu Falei de Crise em outubro, como planejado. A nova casa será a editora Perse, que já detêm o serviço de vendas de outros trabalhos: Apocalipse: Brasília!, Mangá Tropical- Um estudo de Caso e Manual do escritor Independente.

Não brinquem com ela!

Muuui amiga! :)