sexta-feira, 18 de agosto de 2017

A música na comédia!


Música em animês

Ouça com atenção a esta música. Depois de ouvi-la, siga o texto.



O que ela te pareceu? Bem triste, quase depressiva. Quem a ouve acha que a série se trata de um drama, não é? Entretanto, é uma comédia pastelão. Sim, o diretor escolheu uma música triste para abrir uma comédia. Ele errou. É a pior abertura que já vi em minha vida. Uma comédia deve ter músicas alegres, mais otimistas e vibrantes, como a música abaixo. Ouça:



A música orienta as nossas emoções. Se a música estiver errada, ela passará a mensagem errada e estragará a cena. Como já escrevi anteriormente, a música é responsável por nos transmitir a correta emoção. Comédias são peças que trazem alegria, portanto, são peças vibrantes, logo a música deve ser sempre para cima. Outra música que pode ser usada bem em comédias é a que possui uma batida constante que se assemelhe a palmas. Eis outro exemplo:




quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Guerra EUA X Coréia do Norte!





O tom das ameaças do ditador norte-coreano quase colocou o mundo em uma guerra nuclear, por isso, em protesto, não farei poemas hoje. Fatos recentes em ordem cronológica, colocados de acordo com fontes externas (USA Today, Fox News e Washington Post) mostram:



- Coréia do Norte ameaça lançar mísseis nucleares em Guam;

- EUA endurecem o discurso. Fogo e fúria. Cogita-se ataque contra a Coréia antes do lançamento dos mísseis;

- Japão liga sua rede antimísseis;

- EUA avançam com um navio de guerra contra o mar da China. O recado é claro, “estamos suspeitando de vocês”;

- China, após a mensagem norte-americana, decide declarar que se a Coréia do Norte iniciar a guerra, ela (China) ficará neutra. Se os EUA atacarem primeiro, ela defenderá o maldito líder da Coréia do Norte;

- Sem seu escudo (China), Coréia do Norte coloca seus mísseis em espera;

-Trump, por telefone, liga para o presidente chinês para discutirem o desarmamento nuclear da Coréia;

- EUA iniciam estudos de medidas econômicas contra a China, caso ela não consiga controlar o maldito ditador socialista da Coréia do Norte;

- China aplica duras sanções contra a Coréia do Norte e sufoca o maldito Kim Jong-Un.






Acho que, agora, haverá uma pausa. Trump se mostrou um grande negociador. Ele é duro, mas habilidoso. Kim achou que o Trump, por não ser político, seria quebrado por pressão. Ele errou e a situação ficou séria. Espero que haja paz agora.

O que escrevo à seguir é meu desabafo com a possibilidade de guerra na qual este merdinha quase colocou o mundo. Em uma escalada da violência, se Guam fosse atacada, nem mesmo Rússia e China juntas salvariam a Coréia do Norte e iniciaria uma guerra mundial. Com Einstein disse, "não sei com que armas lutaremos a terceira grande guerra, mas a quarta grande guerra lutaremos com paus e pedras". 

----- DESABAFO! -----

A Paz só pode ser medida quando se ouve o som do primeiro canhão. Quem dispara-o sabe que ele ecoará, e trará consigo o vermelho do sangue. O primeiro canhão, o primeiro fogo, e o primeiro míssil, levam consigo a alma de cada comandante e líder. A arma arranca de seu líder a salvação, fazendo escorrer do povo lágrimas e ecoa, novamente, trazendo contra si novas fúrias. Disparar o primeiro míssil não é resposta. Ameaçar não é resposta, pois só traz como consequências mais ameaças. O fim é a guerra na qual nenhum dos lados sai vencedor, porém, um dos lados sairá mais ferido.

No texto “EUA e China X Coréia do Norte!”, em maio de 2017, fiz um tremendo esforço para ser positivo, mas já tinha percebido que a guerra seria o cenário mais proeminente. O presidente dos EUA fez tudo certo, pois comandou medidas para tentar trazer o líder da Coréia do Norte para a mesa de negociações. Para quem não sabe, as sanções aprovadas pela ONU são para isso, para trazer esse bestinha para negociar. Trump também conseguiu tirar da Coréia seu principal aliado, que é a China.  A China aprovou até as últimas sanções impostas, contudo, o líder da Coréia do Norte é um louco feroz. Como veem na imagem acima, médicos acreditam que a ferocidade dele pode vir do uso de esteroides. Ele deu o primeiro tiro, lançou o primeiro míssil e a primeira ameaça. Ficou claro que a intenção dele era atacar desde o início e Obama permitiu que ele criasse mais rápido seu arsenal, ao não lidar direito com a situação.  A guerra é iminente, apesar do momento de calma, e a alma deste ditador já está manchada com sangue inocente. Desarmar a Coréia do Norte não será possível. A guerra está aí!

O cenário de guerra está montado e inocentes estão marcados. Só tenho que silenciar. Hoje, não escreverei poemas em protesto contra esta escalada de violência. Meu apoio aos EUA, ao Japão e à Coréia do Sul e minhas orações a todos os inocentes.   

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Reforma Tributária


Reforma Tributária 2017



A reforma tributária é necessária. Não quer dizer aumento de impostos, mas significa tentar uma melhora da arrecadação para a máquina pública. Diferente do que pensa o Contente (ConTv),  a arrecadação de impostos tem a função de manter o Estado em funcionamento. Sem impostos não teríamos, por exemplo, um exército para defender nossas fronteiras, ou escolas e hospitais para os mais necessitados. Em síntese, “O tributo é toda a prestação precuniária compulsória, em moeda (ou cujo valor pode ser expresso em valor monetário) instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada (conceito legal[1])”, portanto, imposto não é roubo, mas é roubado.

E esse é um problema, quando a máquina  pública é muito grande. Assim como uma pessoa magra, teoricamente, come pouco e uma pessoa obesa, teoricamente, come muito, assim é o Estado. Um Estado grande precisa de mais impostos para se manter e gasta mais. Um Estado que gasta mais, puxa a inflação para cima e atrapalha o crescimento. O Estado precisa de mais arrecadação. A arrecadação vem do povo e do ciclo econômico que, em determinado ponto, retrai por causa do imposto (peso morto).  É um ciclo vicioso. É por isso que defendo um Estado mínimo, que só interfira em áreas básicas: segurança, educação e saúde.

A reforma tributária, segundo Graciliano Toni (FIESP), vai estar sintonizada com a otimização da arrecadação, isto é, “Hauly chamou de reengenharia, reconstrução, a mudança no sistema tributário. “Nosso objetivo é usar o sistema tributário para gerar emprego e renda.” Burocracia, corrupção, sonegação, incentivos e sonegação prejudicam a economia, afirmou.” Para tanto, alguns tributos saem de cena e outros entram. Veja imagem abaixo que resume a proposta e clique para ampliar.



O que me deixou um pouco preocupado foi a possibilidade de recriação da CPMF. Adolfo Sachsida (leia) é técnico de planejamento e pesquisa no IPEA, ele afirma e eu destaco:

Do ponto de vista econômico, a qualidade de um imposto é medida por três fatores: a) facilidade e custo da arrecadação; b) montante arrecadado; e c) peso morto associado ao imposto. A CPMF tinha bom desempenho nos itens “a” e “b”, mas é um desastre no item mais importante, o item “c”. A CPMF distorce demais as transações financeiras, com impactos diretos sobre a taxa de juros da economia. Dessa maneira, antes de qualificarmos um imposto como sendo “bom” é fundamental que chequemos as distorções que o mesmo gera na economia”.

O autor da proposta afirmou, em fevereiro deste ano, para a revista Época, que o ponto principal da reforma seria a criação do IVA, então, ao que tudo indica, a CPMF poderá ser descartada. Vamos torcer por isso.

Conclusão

Em resumo, essa proposta, se não está prefeita, vem contribuir para melhorar a arrecadação. Apesar da carga tributária continuar no patamar dos 35% do PIB, eu torço para que o aumento na eficiência da arrecadação venha a trazer prosperidade. Precisamos colocar o Brasil nos trilhos e evitar que sejamos uma Venezuela no futuro. .



Desabafo

 Sim, Temer deveria ter sido afastado, mas, isso não ocorreu, porque ele é extremamente habilidoso como político. Devemos, no entanto, como já afirmei, desassociar a imagem das reformas da imagem dele. Independentemente do presidente, as reformas devem continuar acontecendo, pois são importantes para diminuir o desemprego, gerar renda, crescimento e valor para o povo. A única reforma que me parece prejudicial para o Brasil é a reforma política, pois tem muita coisa errada acontecendo lá. As demais reformas são bem positivas.


Se servir de alento, Temer será investigado após a conclusão de seu mandato. Assim espero.  





[1] Tributo - Direito e Leis. Disponível em:
<http://www.direitoeleis.com.br/index.php?title=Tributo&oldid=4979>. Acesso em: 4 de agosto de 2017.

Plaquetas!

Em um exame de sangue, vi que sumiram 13 mil plaquetas. Resolvi procurar por elas! :)