Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2015

OP indica um herói!

 Indicando mais um vídeo do canal do professor Bellei.

Haiti Aqui Estamos II

Parte final da minha contribuição para esta antologia!

Haiti Aqui Estamos I

Sim, a minha contribuição para esta antologia já apareceu aqui no blog inúmeras vezes e em outros livros meus também! 

Natal

Uma antologia lançada em 2006 para celebrar o Natal! Um livro bem simpático com contos e poemas natalinos. Aqui repeti um poema sobre a fraternidade.

Poemas de Fé

Poemas de Fé foi uma antologia lançada e enviada ao Vaticano. Foi recebida com carinho pela biblioteca e eu fiquei muito feliz com minha contribuição, apesar de alguns errinhos. 

PAZ!

Esta foi uma antologia com o desejo de levar, ou alcançar, a Paz tão sonhada. Minha contribuição demonstra o quão horrível pode ser um mundo em conflito.

Enciclopédia da Real Academia e Agenda

Além de ter sido verbete no dicionário de escritores de Brasília, também fui verbete nesse livro, além de ter contribuído com um pensamento para uma agenda lançada pela editora Litteris. Coloco aqui as duas contribuições! Agenda Litteris 2005 E

Palavras da Alma para o Coração

Antologia literária realizada pela Litteris Editora.

Clássicos Contemporâneos

Recomeço foi uma poesia feita com o sentimento de perda. Eu havia perdido minha avó e isso começou a ocupar espaço em algumas obras minhas, como em "O Melhor da Poesia Brasileira" na qual eu repito um poema classificado para a antologia "Palavras da Alma Para o Coração". Poema esse que versava sobre ela. Por causa da repetição de temas, a antologia "O Melhor da Poesia Brasileira" não aparecerá no blog. 

Poesia Viva

Poesia classificada para a antologia Poesia Viva da Litteris Editora.

XI Prêmio Cultura Nacional - VI

Trecho final da minha participação no XI Prêmio Cultura Nacional, com a conclusão do texto sobre sonhos. Novamente, demonstro interesse na filosofia da Seicho-no-ie. Cliquem para ampliar.

O Impeachment é Legal!

O pedido de impeachment da Presidente da República, assinado e realizado pelo fundador do PT, Hélio Bicudo (Procurador de Justiça aposentado), e Miguel Reale, agora em trâmite legal pelo Congresso Nacional, tem respaldo na análise e rejeição de contas do governo pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O TCU rejeitou em plenário as contas de 2014 e viu indícios de que estas irregularidades continuam agora em 2015. Na ocasião da análise das contas, o TCU encontrou 15 irregularidades. Cito resumidamente, baseado no voto do ministro relator ( clique para ver na íntegra ): “1- Inobservância do princípio da legalidade (art. 37, caput, da Constituição Federal), bem como dos pressupostos do planejamento, da transparência e da gestão fiscal responsável (art. 1º, §1º, da Lei Complementar 101/2000), em face da omissão de passivos da União junto ao Banco do Brasil, ao BNDES e ao FGTS nas estatísticas da dívida pública de 2014 (item 2.3.5 do Relatório); 2-  Inobservância do princ

XI Prêmio Cultura Nacional- V

Faço um texto meio sedutor em uma página e, na página seguinte, volto minha atenção para um texto reflexivo sobre sonhos. É mais uma questão de interpretação filosófica da realidade. Cliquem para ampliar.

XI Prêmio Cultura Nacional- IV

Termino o texto sobre a fé e a razão e iniciou mais quadrinhos usando o Comipo. Cliquem para ampliar.

XI Prêmio Cultura Nacional- III

Neste trecho, explico porque acredito que fé e razão devam coexistir em harmonia e equilíbrio. É um texto reflexivo sobre este ponto importante na vida de todos. Este trecho tornou-se parte de meu livro " Fé de Mais, ou Fé de Menos? ". Cliquem para ampliar.

XI Prêmio Cultura Nacional- II

Neste trecho, eu apresento um triolé e um quadrinho. Eu estava fascinado por esse software, pois, pela primeira vez, uma pessoa normal (eu) conseguiu criar quadrinhos sem a necessidade de treino ou prática nas artes.

XI Prêmio Cultura Nacional- I

Como de costume, neste trecho faço uma biografia e apresento um quadrinho feito com o software Comipo. O curioso é que em 2011, ano da edição da antologia, eu usava a plataforma do Wordpress, então, na biografia saiu um link que não uso mais.

Spoilers Don't Spoil- Minha Análise

Imaginem vocês, amigos se ofendendo por causa de spoilers; pessoas sendo ofendidas em fóruns por causa de um spoiler. É uma guerra que se perpetua e, recentemente, vi muitas empresas vindo à público para se desculparem por causa disso. Eu lembro de muitos fatos de minha infância, e um se encaixa perfeitamente nesta questão. Não existia internet decente no Brasil, na época em que a Manchete passava Cavaleiros do Zodíaco, então, para sabermos de novidades era preciso ler revistas especializadas (Heroi e Henshin, por exemplo). Em uma destas revistas, eu li todos os detalhes da saga de Hades antes da chegada dos quadrinhos (mangás) ao Brasil. Fiquei empolgado com a participação dos Cavaleiros de Ouro e isso não diminuiu o meu prazer pela leitura do clássico, quando o mesmo fora lançado no Brasil. Ao acompanhar a saga, eu fiquei muito feliz ao ler e reconhecer cada fato que eu já conhecia previamente. Outro exemplo que dou é com o filme 13º Guerreiro, pois vi e revi este filme mais de 10 v

Livros que mudaram o mundo II

Trecho final da minha participação nesta antologia. É uma filosofia linda que quero compartilhar com todos, afinal, sempre vi o meu trabalho como uma oportunidade de transmitir belas e importantes mensagens sobre vida, amor, paz e luz. Cliquem para ampliar.

Livros que mudaram o mundo I

Antologia realizada pelo Sindicato de Escritores do DF e, atualmente, à venda no Amazon . Nela, versei sobre um tema que me interessava, pois, nessa época eu havia recebido um grande milagre, que foi a recuperação da saúde de uma pessoa amada. Decidi estudar mais da filosofia da instituição que me proporcionou uma imensa alegria. Saiu este texto.

Literatura Pela Vida e Pela Paz

Concurso literário realizado pela editora Litteris (RJ). Fui classificado e tornei esse poema em um vídeo para o Youtube. Eu deixo os dois aqui, tanto o texto escrito como o vídeo. O livro é de meu arquivo pessoal, então, está com as páginas amarelas.

Sou um verbete em dicionário!

Uma curiosidade sobre mim, que talvez vocês não saibam, é que eu sou um verbete em dicionário. Foi um trabalho realizado pelo nobre escritor Napoleão Valadares. Ele assim descreve, em uma introdução, a origem e finalidade deste trabalho:  " A O LEITOR A falta de uma obra de consu l ta sobre a literatura de Brasília vinha difi cultando as atividades de estudantes e pesquisadores . Daí, termo-nos a t i r ado à empreitada da elaboração deste dicionário, visando a oferecer aos inter essados um livro sobre o assunto. Clemente Luz, que escreveu no período da const r ução de Brasília, f oi o p r imeiro a publicar crônicas em jo r nais na Cidade Livre, mas essas c r ôn i c as só vieram a ser reunidas em livros muito depois: Invenção da cidade e m 1 968 e Minivida em 1972. Também no início, José Marques da Silva e screv eu Diário de um candango, mas só publicou esse livro em 1963, no R io d e J aneiro. Garcia de Paiva foi , conforme afirma Fábio Lucas , o primeiro