Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de outubro 2, 2011

OP indica um herói!

 Indicando mais um vídeo do canal do professor Bellei.

Triolé: Sol e Fé

      MANTER SEMPRE A ALEGRIA   O Sol se mantém alto, Mesmo no dia mais sombrio, Podemos olhar através das nuvens. O Sol se mantém alto, Mesmo no mais nublado dos dias, podemos sentir seu calor. O Sol é a Fé de que a vida continua. O Sol se mantém alto, Mesmo no dia mais sombrio.   COTIDIANO   O poema acima é um triolé, ou seja, uma construção poética de 8 versos, ou mais, que repete alguns versos, na seguinte ordem: A-B-C-A-D-E-A-B. É uma construção oriunda do medievalismo francês. Não importa qual a dificuldade que enfrentaremos, temos a certeza de que a Fé é o nosso Sol para nos mostrar um dia perfeito. Nossa, nestes últimos 8 dias, tenho provado como a misericórdia de Deus é perfeita e seus caminhos são sempre retos.

Estamos ficando velho quando...

Ficar velho é normal. Quem nunca se sentiu assim, ao passar dos 35 anos, que atire a primeira pedra (estou para completar 36 hehehe)!  Aqui vão três sinais que indicam se você está ficando mais velho! :)

Traços de Religiosidade em Animês- Cristianismo (Formatado)

Um pouco de história para entender melhor o enredo cristão em animês. É rapidinho. A influência cristã deu-se com a chegada dos portugueses ao Japão, em 1542, e o jesuíta Francisco de Xavier em 1549.  O site Otakismo assim comenta esse período:   “É fato conhecido que Portugal, até então dono do monopólio comercial marítimo, foi o primeiro país europeu a entrar em contato com o Japão ainda no século XVI com dois objetivos declarados, comerciais e religiosos, na ânsia de reverter o estrangulamento comercial do Mediterrâneo e cristianizar os novos mundos. Fluíram para o solo nipônico uma infinidade de mercadores lusitanos e missionários da Companhia de Jesus”.   Aliás, como comunicador social me encanta ver como a presença portuguesa, principalmente do jesuíta Xavier, propagou na Europa a imagem do Japão. Assim escreve, em tese de doutorado, João Paulo A. Oliveira e Costa .   “Com efeito, as cartas dos missionários do Japão provocaram desde cedo uma considerável actividade editorial. As

Fanfic Death Note: Capítulo 1 (Páginas 2 e 3)

Meru conversa consigo mesmo. --- Ela está nervosa! --- fala quase balbuciando e, imediatamente, responde a si mesmo --- Eu sei!   Naomi não gosta muito daquilo.  Ela abre a bolsa com cuidado, e tateia à procura da arma. Kenshin repara e sorri. Era novamente aquele sorriso que indicava profunda tristeza, mas trazia tranqüilidade. Eles chegam até o 20º andar. A porta se abre e Naomi percebe que é um andar inteiro somente para ele. O jovem sai do elevador com tranqüilidade e com as mãos no bolso. Outro jovem se aproxima dele. Ambos conversam.   Meru ---Eu fui bom hoje! Consegui fazer algo bom! --- sorri com mais alegria agora.   O garoto sorri de volta e olha para Naomi, que ainda está parada dentro do elevador. Ele se curva e diz.   Pietro --- Saudações! Sinta-se à vontade na casa de meu mestre. Pode entrar. --- Pietro é um jovem alto, bonito, com cabelos longos, castanhos e olhos azuis. Olhos tão azuis e penetrantes quanto o próprio céu.   Naomi sai do elevador e caminha em direção a um