Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de julho 27, 2014

Antologia do Pequeno Rato

 Não é um exemplo de literatura gótica, apesar de ter animais fantásticos que falam, mas possui o sofrimento da alma da literatura gótica. É um clamor sofrido de um pequeno ser que está preso em um ambiente de experimentos e só tem no seu cientista o seu observador e, quem sabe, seu salvador. É uma metáfora para os sentimentos de traição, perda e dor de ser agredido e não ter a força necessária para reagir. Tudo isso é gótico. 

Distração

Pois é... sou assim mesmo! Comipo Toondoo

Sobrenatural

Entre o natural e o sobrenatural existe um caminho tênue e real! Mas a realidade engana e descrimina. Ao olhar do homem incrédulo, o sobrenatural torna-se banal; Ao olhar crédulo, o sobrenatural revela-se, seus mistérios descortina. Ao olhar do escritor, é mais uma fonte da qual beber; Ao olhar do racional, é mais uma fonte de saber; Ao olhar curioso, é algo para se perceber; Ao olhar supersticioso, é algo a se temer. O sobrenatural não se limita com o natural; Complementa-o com razão sem igual; Ao natural torna-se irmão; Uma fonte de imensa paixão. Este é o caminho que os diferencia. O verdadeiro ouro; O olhar que os contempla; Um caminho escolhido pela mente que deles se alimenta; O olhar que transforma um em outro.

Ghibli pode ser fechado!

  No vídeo de ontem, descrevi o que sentia sobre o indivíduo. Em No Game, No Life Yuu Kamiya descreve a força do indivíduo como a potencialidade máxima da humanidade. Acreditar na humanidade é acreditar no potencial de aparecimento de seres que se destacam e que fazem a diferença. E isso é tão verdadeiro que se comprova diariamente. Melancolicamente escrevendo, estamos presenciando isso de uma maneira única, com o caso Ghibli. Princesa Mononoke O estúdio sempre teve como marca o trabalho do mestre Hayao Miyazaki, sendo ele a sua mais forte identidade e imagem. Segundo o site Marketing Futuro , “Identidade de Marca é a representação única, condensada e particular de todas as dimensões (cultural, física, semiótica etc.) e manifestações (visual, sonora, olfativa, tátil etc.) de uma marca. Desta forma, a identidade confere diferenciação a uma marca, bem como o conhecimento e o reconhecimento por seus possíveis consumidores ”. Para os japoneses, Ghibli é Hayao Miy

A Importância do Indivíduo

O indivíduo possui um valor além de sua união com o próximo. Um vídeo poético no qual tento repassar esse meu sentimento. Um indivíduo é a essência da criação e da sociedade, portanto, sua célula mais importante.