Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de dezembro 11, 2016

Quatro aberturas, quatros histórias e um bônus!

Revisão: ChatGPT! Estou divulgando quatro aberturas de animes que me impressionaram nesta temporada. Com a metade da temporada já concluída, selecionei minhas séries favoritas considerando não apenas a qualidade da música, da edição e da animação, mas também o impacto emocional que cada série tem sobre mim. Assim, o prazer de assistir à série também é um critério importante. Mesmo que uma abertura seja tecnicamente inferior à outra, se a série tiver uma pontuação emocional mais alta, ela será destacada. Foi uma escolha difícil, pois todas as aberturas estão disponíveis na Crunchyroll. Primeira Posição: Mushoku Tensei O forte apelo emocional da série é indiscutível. A abertura faz uma retrospectiva da vida de Rudeus até o momento atual, mostrando cenas familiares, momentos marcantes e personagens importantes, além de antecipar eventos futuros que são particularmente emocionantes para quem sabe o que virá. O diretor acertou em cheio em todos os elementos, criando uma abertura que é verda

TOP Aberturas e Encerramentos II (Quase retrô)

Obrigado a todos! A recepção a este material foi ótima, por isso, vou continuar explorando esse conceito mais um pouco! Mais algumas aberturas que foram importantes para mim, todavia, como no texto passado, sem uma ordem definida de importância, ou seja, vou lembrando e colocando aqui. Simples! A abertura de Cavaleiros do Zodíaco também foi um marco. Foi o primeiro rock japonês com o qual tive contato e tive um choque positivo, pois vi, pela primeira vez, que a abertura tinha uma grande importância na cultura pop. Eletrizante, empolgante e dinâmica! O hino de uma geração!    Deixo aqui uma abertura para homenagear uma dubladora. Eu guardo muito respeito e admiração por ela. Megumi Hayashibara fez excelentes trabalhos. Também, esta série era minha companheira pela madrugada, quando a assistia pelo canal Locomotion. Vocês não sabem como era difícil ser otaku na era da internet discada, via telefone. Para baixar um arquivo, hoje considerado pequeno 50mb, demorava um

A Poesia do Bem

Moro, Aécio, Renan e o STF. (Parte 2)

Moro, Aécio, Renan e o STF. (Parte 2) Continuando o texto da sexta-feira, foi nesse mesmo dia que vimos um absurdo que eu achei difícil de julgar. O STF decidiu que o Renan Calheiros não estará na linha sucessória para assumir a Presidência da República, mas poderá manter o cargo de Presidente do Senado. Eu entendi que isso foi feito para evitar maior turbulência política, pois o segundo na linha de sucessão é oposição ao governo. Isso poderia colocar em risco o andamento das reformas para tirar o país da miséria que o PT nos colocou. É quase igual a retirar a presidente do poder, mas manter os direitos políticos dela intactos. Lembram? Eu consegui entender isso e achei difícil, na ocasião, saber se foi certo ou errado. Agora, estou com a tendência de achar que foi errado. Pelas regras da Constituição, Renan deveria perder o cargo e o mandato. Caso o senador, que fosse assumir a Presidência do Senado, atrapalhasse as votações das reformas no Senado, nós nos manifestaríamos, co