Pular para o conteúdo principal

O belo vive!

 O Belo vive;  Sonhos na neve;  Alma limpa!

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"!


Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net



Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito.


Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki, com arte de fame, "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017, tendo estreado no site Shosetsuka ni Naro, especializado em novels, e posteriormente publicada pela Micro Magazine. Seu primeiro volume foi lançado em novembro de 2017 pelo selo GC Novels. A série foi transmitida pela Crunchyroll na temporada final de 2023.


Após discutir as três melhores séries da última temporada, escrevo agora sobre uma que apreciei em silêncio. Geralmente, o que fazemos em segredo são coisas que não queremos que os outros vejam, como assaltar a geladeira à meia-noite ou beber escondido. "Berserk of Gluttony" se encaixa nessa categoria. Com uma média de 6,76 no My Anime List (MAL), é uma daquelas séries que assistimos às escondidas, não por ser um hentai (quadrinho erótico) ou doujin (quadrinho feito por fã), mas porque admitir que gostamos dela parece um "pecado". Piadas e trocadilhos à parte, sim, eu gostei dessa série.


A obra apresenta elementos românticos respeitáveis. O amor impossível entre Fate e Roxy, pertencentes a classes sociais diferentes, é agravado pelo poder de Fate, que poderá torná-lo um inimigo de Roxy, uma cavaleira (amazona) sagrada com o dever de combater o mal. Roxy Hart é a personificação da musa perfeita: nobre, guerreira, disciplinada, amorosa e moralista. A série também explora temáticas como religiosidade, com a presença dos sete pecados capitais, individualismocom a valorização do personagem principal que luta contra a sociedade, seu próprio destino como devorador de almas, e seu amor por uma bela donzela. e o idealismo na busca por um amor verdadeiro. A intensidade do amor e da emoção é palpável, ilustrando um romance entre um ser luminoso e um ser das trevas. Lutar contra um destino cruel, por um amor, é o verdadeiro ideal romântico e a série possui isso! Fate é o herói sombrio que fará sua escuridão ser um escudo para a luz da vida dele: Roxy. Isso é romântico!


Embora alguns possam considerar esses elementos românticos como datados ou ultrapassados, para mim, são atemporais quando relacionados ao amor. O grande desafio vem do estúdio A.C.G.T. (Dear Boys, Kino no Tabi, e Orient), que oferece uma animação mediana, não comprometendo a experiência, mas também não a elevando. Uma história com um roteiro tão envolvente merecia um tratamento visual superior.





Portanto, "Berserk of Gluttony" me encantou por seu roteiro, apesar da animação não ser excepcional. Para quem deseja assistir, está disponível no catálogo da Crunchyroll.





Postagens mais visitadas deste blog

Outros Papos indica: Japanese Noodles Udon Soba Kyoto Hyogo

 Saboreiem! Um canal dedicado à culinária japonesa! Se gostarem, se inscrevam lá!

Traduções ideológicas

Hoje, no blog, não farei recomendações, mas sim uma sugestão. Há uma controvérsia em torno de alterações indesejadas em traduções e legendas de obras japonesas. Se os próprios japoneses começassem a traduzir e legendar seus animes para o Ocidente, essas distorções poderiam ser evitadas. Pergunto-me por que, até agora, os japoneses ainda não optaram por legendarem eles mesmos e disponibilizarem à venda discos com suas obras legendadas em outros idiomas. Isso certamente eliminaria o ruído ideológico e, sem dúvida, eu seria um dos consumidores da mídia física lançada por eles, com legendas "feitas em casa". Na administração, aprendemos que devemos apresentar não apenas os problemas, mas também as soluções. Portanto, considero essa a solução para o problema das alterações ideológicas em obras orientais.