Pular para o conteúdo principal

Antologia do Pequeno Rato

 Não é um exemplo de literatura gótica, apesar de ter animais fantásticos que falam, mas possui o sofrimento da alma da literatura gótica. É um clamor sofrido de um pequeno ser que está preso em um ambiente de experimentos e só tem no seu cientista o seu observador e, quem sabe, seu salvador. É uma metáfora para os sentimentos de traição, perda e dor de ser agredido e não ter a força necessária para reagir. Tudo isso é gótico. 

Lula na Cadeia! HC Rejeitado!


Lula na cadeia!



Terminou, na madrugada de hoje, o julgamento do habeas corpus (hc) do réu Lula da Silva, com a rejeição do hc por 6 votos a 5. Com a queda deste hc, Lula está mais próximo da cadeia! Antes de entrar no tema do julgamento, que durou mais de 10 horas, vou voltar um pouco no tempo, pois se faz necessário um agradecimento.

No dia 03 de abril de 2018, muitos movimentos sociais se uniram novamente para pedir a rejeição do hc do Lula pelo STF. Tribunal este que já havia admitido, contra súmula da própria casa, analisar o mérito do habeas corpus e ainda concedera salvo-conduto (que denominei em vídeo de hc pré-datado) até o dia de 04/04/2018. Dia este que seria o da votação e análise do mérito do hc. Duas situações vergonhosas que iam contra a jurisprudência do próprio pleno da Corte e que me fizeram acreditar que a casa estava incorrendo em vícios contra o ordenamento jurídico brasileiro.





As manifestações chegaram e chegaram com força. No vídeo acima, eu mostro a manifestação na cidade de Porto Alegre, no Parcão, próximo das 20h00, ou seja, com ela quase terminando. Notem a quantidade de pessoas que foram manifestar seu descontentamento, pedindo a rejeição deste hc. Cidades como São Paulo e Rio de Janeiro tiveram manifestações ainda maiores. E o clamor do povo foi ouvido pelo nosso General Villas Boas, que escreveu em sua conta no Twitter:





Acredito que esta manifestação, que foi seguida pela manifestação de outros generais (AÇO! SELVA!), abalou o plano que eles estavam armando para salvar Lula da cadeia e torná-lo elegível para a próxima eleição. Tenho certeza que o povo nas ruas, com apoio de nosso exército, fez o mal estremecer!


Julgamento

Então, chegou o dia do julgamento do habeas corpus (HC) 152752. Todos apreensivos, pois não confiávamos em todos os ministros da corte. Julgamento que, como escrevi, passou de 10 horas de duração. Muita aula de Direito, mas muita aula de hipocrisia também. Enquanto assistíamos ministros defendendo a prisão após condenação em segunda instância, e a rejeição do hc, outros buscavam qualquer fonte que pudesse justificar o injustificável.  Apelaram até para o Direito do Consumidor. Quero escrever sobre alguns votos, porém ficará para mais tarde.

O voto da ministra Rosa Weber foi o que definiu realmente a disputa. Apesar de ser contrária à prisão em segunda instância, ela manteve o entendimento anterior da casa e votou rejeitando o hc. Obrigado, ministra Rosa! E os ministros tiveram respaldo de nota técnica assinada por mais de 5 mil membros do MP, magistrados, desembargadores e advogados, além de pedido formal feito por alguns senadores e deputados, pedindo a manutenção da prisão em segunda instância.

E quando tudo parecia ganho, o advogado do réu se pronuncia pedindo que se votasse o salvo-conduto. Ora, se o hc já havia sido rejeitado, deveria cair automaticamente seu salvo-conduto, mas alguns ministros insistiram na votação do mesmo e perderam também! Tanto o hc, quanto o salvo-conduto, foram rejeitados! Os heróis da nossa pátria foram: Cármen Lúcia, Fux, Fachin, Alexandre de Moraes, Rosa Weber e Barroso. 

O site do STF[1] assim descreveu o resultado do julgamento: “Em decisão majoritária, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) negou o Habeas Corpus (HC) 152752, por meio do qual a defesa do ex-presidente Lula buscava impedir a execução provisória da pena diante da confirmação pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) de sua condenação pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O colegiado também, por maioria, rejeitou pedido da defesa para estender a duração de salvo-conduto concedido a Lula na sessão do último dia 22 de março.

Então, Lula está mais próximo da cadeia, o Brasil se livrou de virar uma Venezuela e nosso ordenamento jurídico manteve a consistência e a força para lutar pelo bem e pela justiça. As portas do inferno não se abriram para liberar traficantes, pedófilos e assassinos! A rejeição deste habeas corpus salvou o Brasil do caos jurídico, que se estava formando para livrar poderosos da cadeia. 

Eu agradeço a todos os brasileiros que lutaram, que foram para as ruas e se manifestaram, bem como agradeço a todos os Generais que se manifestaram defendendo nossa Justiça, nossa Ordem e nossa Paz! Obrigado a Todos! E, novamente, AÇO! SELVA! ORDEM & PROGRESSO!



[1] STF: http://portal.stf.jus.br/noticias/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=374436

Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof