terça-feira, 10 de março de 2020

Dia 15 de março, pela democracia!


Dia 15 de março de 2020



Manifestações populares são atos democráticos e de Direito, e estão sendo o pêndulo da balança do poder político no Brasil desde a eleição do presidente Bolsonaro, pois os que estão querendo manter o status quo de sua hierarquia teimam em tentar minar as ações políticas e corretas do presidente. Querem-no paralisado. Um general que possui minha mais alta admiração comentou, segundo o Renova Mídia[1]: “Estamos diante de uma realidade inevitável. O presidente Bolsonaro fará um novo Brasil, que está dando certo. Ele tem encontrado uma resistência muito grande, porque a rede de corrupção que se criou neste país e que está sendo desbaratada neste governo tem prejudicado planos espúrios de muita gente.”

Sobre as lamentações e o desespero dos que querem atacar essa manifestação, dizendo que as instituições representam a democracia, o príncipe e deputado Luiz P. O. Bragança lançou por terra sua argumentação, expondo a verdade sobre as instituições. Ele disse, segundo o Terça Livre[2]:

Errado. Instituições não são a democracia. Instituições representam o Estado de direito. A democracia é vontade popular. Atacar a vontade popular é que é atacar a democracia. E quem tem atacado tanto estado de direito quanto a vontade popular é o STF. https://t.co/9Wld7IlZge

— Luiz P. O. Bragança (@lpbragancabr) March 3, 2020

É bem típico de um socialista, tentar retirar o poder do povo e o colocar em uma instituição que, de fato, não representa a vontade e o poder popular. Para eles, quanto maior o poder do Estado, e menor o poder do indivíduo, melhor para o controle social. Dessa forma, eles se colocam sempre contra as manifestações e, portanto, contra a Constituição Federal que nos dá o direito da manifestação pacífica e ordeira em prol de agendas que nos favoreçam.  

E qual é a principal pauta das manifestações do dia 15 de março? Apoio ao presidente Bolsonaro, pois querem transformá-lo em uma “rainha da Inglaterra”, ou seja, ainda insistem no golpe do parlamentarismo branco. 

Se você deseja que o Brasil dê certo e que seu voto seja respeitado, vá às ruas e se manifeste. E precisamos, também, pensar em outras formas de apoio ao presidente, para que ele não fique refém do Congresso. O que vemos hoje, essa falta de respeito pelo voto popular, por pessoas que não respeitam a democracia, revela que eles não estão compromissados com o Brasil, mas com a corrupção. Temos que achar um jeito de dar um basta definitivo nisso. Por enquanto, vamos às ruas!



Sobre as fake news que estão rolando, dizendo que as manifestações são pela intervenção militar. É fake. As manifestações do dia 15 são pelo apoio ao presidente.




[1] Renova Mídia: <https://renovamidia.com.br/heleno-rebate-criticas-aos-protestos-do-15-de-marco/>
[2] Terça Livre: <https://www.tercalivre.com.br/deputado-rebate-toffoli-e-afirma-democracia-e-vontade-popular-e-quem-tem-atacado-a-vontade-popular-e-o-stf/>

Boas informações sobre a pandemia por Covid-19!

Boas notícias e notícias sobre a pandemia por Covid-19. Pesquisa com 6.227 médicos de 30 países indicou que a hidroxicloroquina é o t...