sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Meme: My People!

Aqui eu estou me zoando! A Yena com Y seria como um Raymundo com Y? Fica a questão! KKKK




A personagem hiena, a Yena, foi bem apresentada em seu capítulo de estreia e não vi nenhum tipo de lacração. Foi tudo bem explicadinho e com um ótimo humor. Entretanto, o capítulo dessa semana parece que foi escrito por outra pessoa, ou o autor cedeu um pouquinho ao pessoal da lacração, então, para aqueles que não viram o capítulo de estreia da Yena, eu venho a informar aqui: hienas fêmeas não têm p!nto mas, sim, um cl!tóris maior que o pênis do macho.

National Geographic[1]: “De facto, é tão único que, durante séculos, assumiu-se que as quatro espécies (malhada, parda, raiada e o protelo) eram hermafroditas porque ambos os parceiros no acasalamento pareciam ter pénis. O pressuposto era que mudariam de género de acordo com a necessidade.
Na verdade, a fêmea da hiena-malhada, ao contrário de qualquer outro mamífero, tem um clítoris maior do que o pénis do macho. “O clítoris é extremamente alongado para formar o pseudo-pénis totalmente eréctil através do qual urinam, copulam e dão à luz”, explica a investigadora Kay Holekamp. É o único mamífero fêmea que não tem abertura vaginal externa.”.

Já a personagem Yena, por ter crescido acreditando que era um macho, sofre de um distúrbio chamado Disforia de Gênero. O médico George R. Brown explica[2]: “Disforia de gênero caracteriza-se por identificação forte e persistente com o gênero oposto associada a ansiedade, depressão, irritabilidade e muitas vezes a um desejo de viver como um gênero diferente do sexo do nascimento.”.  


[1] Leia: <https://nationalgeographic.sapo.pt/natureza/actualidade/1461-orgaos-sexuais-das-hienas-uma-questao-de-tamanho>
[2] Leia: <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/profissional/transtornos-psiqui%C3%A1tricos/sexualidade,-disforia-de-g%C3%AAnero-e-parafilias/disforia-de-g%C3%AAnero-e-transexualismo>

Boas informações sobre a pandemia por Covid-19!

Boas notícias e notícias sobre a pandemia por Covid-19. Pesquisa com 6.227 médicos de 30 países indicou que a hidroxicloroquina é o t...