sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Nota Zero!


Nota ZERO



Como podem ver pela imagem, algumas séries estão com direito de exibição liberado para nossa região, mas somente 30 dias após sua exibição na televisão japonesa. Não dá nem para chamar isso de simulcast. Muito dessa tragédia se deve ao fato da má formatação dos contratos de distribuição. Outro ponto que nos leva a essa situação é uma tentativa burra de privilegiar um serviço de streaming a outro.

No caso da tentativa de privilegiar um serviço a outro, temos o dedo da Sony no meio. Sim, ela é dona de uma rede de distribuição e do serviço Funimation, então, segundo o que li no fórum da Crunchyroll, ela promove essa bizarrice para dar estaque ao seu próprio sistema de streaming. O que deixa isso ridículo, e até causa raiva no assinante de outros serviços, é que o serviço da Sony é fechado para muitos países, com exceção, por exemplo, dos EUA e Canadá. Com isso, ela não está promovendo seu sistema de streaming, mas deixando o assinante com raiva do sistema dela. Lembram da porcaria que a Sony fez com o Animax? Então, se isso for verdade, é ela, de novo, promovendo o caos, só que, agora, no sistema de streaming.

Dona Sony, é ZERO para você desde os tempos do Animax!

Atar-te!

  Atar-te firme; No verão desejo-te; Amordaçar-te! Um haicai bem “Cinquenta tons de cinza”. Um fetiche que, se conduzido com sabedoria e amo...