segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Governo Bolsonaro em menos de um ano!


Governo Bolsonaro e canal Te Atualizei!

Banco Central. Olha a linha da inflação!!!


Eu estava pensando aqui com meus botões que comentar avanços do governo atual, com apenas 8 meses de atividade, seria prematuro. Entretanto, como os avanços já são significantes e a mídia tradicional faz questão de comentar arrotos e peidos, resolvi indicar um canal que cobre muito bem estes avanços.



O canal da Bárbara comenta política com humor e consegue divulgar com eficiência os avanços do governo, as polêmicas envolvendo figuras carimbadas e faz o serviço que a mídia deixou de fazer. Assista abaixo o resumo que ela fez sobre os avanços recentes e se inscreva lá. Recomendo!




O governo me impressiona pela solidez e eficiência. Além do exposto pela Bárbara no vídeo, devo relembrar que o Executivo já enviou ao Congresso projetos com os da reforma da previdência e o projeto Anticrime do ministro Moro, e já estuda as reformas tributária e política. Não fez o jogo sujo do Congresso (articulação = grana no bolso de político) e, com o apoio do povo nas ruas, fez o Congresso se mover e começar a aprovar as pautas que o presidente enviou ao Congresso.

Com uma boa relação internacional, o Brasil conseguiu ser indicado pelos EUA como parceiro na OCDE. HuffPost[1] Brasil explica: “Com a designação de aliado preferencial, o Brasil entra em uma lista de países com acesso especial a políticas de cooperação, transferência de tecnologia e recursos na área de defesa com os Estados Unidos.O Brasil é apenas o segundo país da América do Sul a receber a designação, depois da Argentina, que está na lista desde 1998. No ano passado, a Colômbia se juntou à Otan como parceira global”.
Além disso, conseguiu uma importante aliança europeia que há muito o Brasil desejava, mas não estava conseguindo. Um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a UE. Leia o texto do Federico N. Fernández (Mises[2]): “O acordo vinha sendo negociado há impressionantes vinte anos. Com efeito, as conversas começaram no dia 28 de junho de 1999. Ficaram praticamente paralisadas até 2016, quando houve um novo esforço. De acordo com Jean-Claude Junker, presidente da Comissão Europeia, "este pacto comercial é o maior acordo comercial que a União Europeia já concluiu".



Em oito meses, o Brasil andou a passos largos o que não andou nos últimos 13 anos. Falta muito ainda para colocar o Brasil nos trilhos, mas esse governo realmente está andando rápido.


Lógico que existe o problema da guerra contra a corrupção, envolvendo recentemente a prisão de hackers que colocaram em risco a segurança nacional, bem como o STF que está totalmente sem equilíbrio, criando inquéritos que a própria PGR já condenou, bem como a Associação Nacional dos Procuradores da República que, em nota, exige: "Para resguardar a normalidade dos atos jurídicos e os postulados do Estado Democrático de Direito, é imperioso o imediato encerramento do Inquérito nº 4.781 e também que, se houver fatos ilícitos a serem apurados, sejam quais forem os autores ou as vítimas, sejam respeitadas as competências legais que definem as instituições e autoridades que devem apurá-los".. E isso é tema para outo texto, em outra oportunidade. 

Pois é, graças ao STF, a crise continua!  





[1] HuffPost Brasil:
<https://www.huffpostbrasil.com/entry/brasil-aliado-extra-otan_br_5d42f8bde4b0ca604e2e58a2
[2] Mise: <https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=3036>

Esteve só!

Esteve bem só, Nessa noite sem vento, Sou seu alento!