Pular para o conteúdo principal

Outro Papos indica Little V Mills

 O belo também é harmonia musical, então, indicar o canal de um metaleiro que não somente faz covers de anime songs (anisongs) como também as adapta para o metal, é indicar o belo. Pode parecer estranho, mas o metal possui beleza, principalmente se o trabalho for rigoroso como o dele. Ele adapta para o heavy metal, ele canta e ainda canta em japonês. E a  beleza no heavy metal é multifacetada, indo desde o visual rebelde até a exuberância teatral, sempre refletindo a diversidade e a criatividade desse gênero musical.

Nota DEZ e Nota ZERO III


Nota DEZ

Alê Nagado é funcionário público, desenhista, escritor, pesquisador e um grande amigo. Ele é um grande artista, sempre com grandes ideias. Como escritor, Nagado possui muitos trabalhos. O mais recente é uma coletânea com os textos do blog “Reflexo Cultural” no qual ele expõe seu posicionamento político. Achei fantástico, pois precisamos disso. Precisamos de mais livros sobre a moral cristã e conservadora. Precisamos preencher o espaço e ocupar vagas. Mostrar ao mundo a nossa visão e defender nossa posição frente a uma guerra cultural. Nosso posicionamento promove mudanças benéficas ao mundo e preserva a sociedade e seus elementos essenciais, como a família.

Nagado: “Ensaios e reflexões conservadoras sobre religião, política, gênero, meritocracia, direita e esquerda, aborto, nostalgia, auto-ajuda e comportamento. Na segunda parte do e-book, resenhas de obras de Olavo de Carvalho, Luiz Felipe Pondé, Jordan Peterson, Roger Scruton, Arthur Schopenhauer, Gerard Jones, João Paulo II, Spacca e Pierluiggi Piazzi. Textos extraídos do blog Reflexo Cultural e publicados entre 2017 e 2018.”





Eu estou acompanhando os textos com leitura direta no blog e afirmo que os textos são precisos, com ótimo domínio do tema e interessantes. Caso queira comprar o livro, recomendo a leitura. Clique e compre, leia e divulgue!


Como desenhista

Ele idealizou três capas de três de meus livros, e com grande senso estético. Veja abaixo uma montagem com elas lado a lado. Se precisar de um desenhista, contate-o.








Nota ZERO

Algum tempo atrás, eu reclamei por ter adoecido e, durante o atendimento em um pronto-socorro, minha mãe não conseguiu entrar comigo. Isto me chocou, pois, em Brasília e em São Paulo, os acompanhantes podem entrar com os pacientes. Além disso, aqui temos hospitais sempre lotados. Alguns, em determinados dias, atendem unicamente casos de morte. Um absurdo! Isso precisa mudar e o atendimento precisa humanizar.


Postagens mais visitadas deste blog

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Outros Papos indica: Japanese Noodles Udon Soba Kyoto Hyogo

 Saboreiem! Um canal dedicado à culinária japonesa! Se gostarem, se inscrevam lá!

Traduções ideológicas

Hoje, no blog, não farei recomendações, mas sim uma sugestão. Há uma controvérsia em torno de alterações indesejadas em traduções e legendas de obras japonesas. Se os próprios japoneses começassem a traduzir e legendar seus animes para o Ocidente, essas distorções poderiam ser evitadas. Pergunto-me por que, até agora, os japoneses ainda não optaram por legendarem eles mesmos e disponibilizarem à venda discos com suas obras legendadas em outros idiomas. Isso certamente eliminaria o ruído ideológico e, sem dúvida, eu seria um dos consumidores da mídia física lançada por eles, com legendas "feitas em casa". Na administração, aprendemos que devemos apresentar não apenas os problemas, mas também as soluções. Portanto, considero essa a solução para o problema das alterações ideológicas em obras orientais.