quarta-feira, 20 de junho de 2018

Capitalismo Romântico!


O trabalho deve ser feito com amor;
Sua qualidade assim será maior;
O respeito para com o cliente se apresentará;
E isto a todos alegrará.

Invista seu capital e esforço com dedicação;
O lucro será, de algo maior, apenas uma fração;
O respeito para com o cliente se apresentará;
E isto a todos alegrará.

O capital é uma ferramenta de esforço;
Trabalho feito com amor, eu endosso;
Eficiência é um reflexo;
De um amor ao trabalho complexo.

Escolha um trabalho que tenha paixão;
Trabalhará com dedicação;
O trabalho deve ser feito com amor;
Sua qualidade assim será maior.

Assistindo a um animê, fui tomado por um lampejo de percepção de algo que sempre se apresentou na minha frente, mas que nunca havia percebido. Em animês, quase sempre o trabalho é escolhido e feito por uma pessoa que deseja ver a alegria de outra. Exemplificando, uma estilista em crise percebeu que fazia roupas para trazer alegria aos seus clientes. E isto é bem comum de se ver em animês em geral: o capitalismo romântico, isto é, uma forma de ver o trabalho como demonstração de sonhos e de paixões para fazer o próximo, seu cliente, feliz. É uma visão romântica do capitalismo e que gerou este poema acima.






Liberdade!

Estradas para quê, se não tenho aonde ir? Cinemas para quê, se não tenho porque sorrir? Voz para quê, se não posso falar? Coração para quê, ...