Pular para o conteúdo principal

OP indica um herói!

 Indicando mais um vídeo do canal do professor Bellei.

Drops: Aho Girl & Animes dublados no CR!

Drops: Aho Girl & Rokka Dublado

Aho Girl

Esta série não é desta temporada e eu não fui muito fã de algumas piadas do animê, mas achei interessante um debate sobre uma coisa relacionada a ela. “Aho” é idiota em japonês, então, o animê se baseia em uma garota idiota. Ao terminar a série, eu me perguntei se ela era realmente idiota. Ela possui uma inteligência emocional muito forte, pois ela manipula os outros e faz com que todos, ou quase todos, sigam seus conselhos ou ideias; por exemplo, ela consegue até manipular uma professora. Isso me colocou em dúvida de quem seria o verdadeiro "aho". Olhem o exemplo abaixo. 




Animes dublados no Crunchyroll!


O Crunchyroll começou a dublar as séries em português. Veja um trailer antes do texto. 



Tem muitas maneiras de se julgar uma dublagem. Eu escolhi julgar baseado na interpretação e na harmonia. Interpretação é o fator que emite uma sensação através do tom da voz, transmitindo ao ouvinte as emoções do personagem dublado. Harmonia possui três fatores importantes: 1- A voz coincide com o personagem; 2- A voz é agradável; 3- O conjunto ocasiona equilíbrio.

Eu assisti um capítulo de Yamada (primeiro capítulo) e um capítulo de Rokka (último capítulo), sendo que posso afirmar que nestes dois quesitos, harmonia e interpretação, o trabalho passou com média. A interpretação está bacana e a harmonia está regular. Ainda destoa, pois o trabalho conjunto precisava engrenar melhor, isto é, o diretor-geral da dublagem deveria ter equilibrado um pouco melhor, por exemplo, os tons. No entanto, não percebi, nestes quesitos, nada grave. Tudo bem elaborado.

Como foi um trabalho inicial, existe um processo de “ajuste fino” pelo qual os problemas serão resolvidos. Dever-se-á colher dados sobre o que se errou e acertou e ajustar para futuras dublagens. Entretanto, espero que a dublagem continue, pois eles estão no caminho certo.  Abaixo mais detalhes segundo o IntoxiAnime:



Dados técnicos:
Estúdio Dubbing Company (Campinas)

Rokka



Adlet Mayer: Roberto Rodrigues
Nashetania Loei Piena Augustra: Gabriela Pellegrino
Fremy Speeddraw: Jessica Cardia
Hans Humpty: Gustavo Martinez
Goldov Auora: Renan Alonso
Chamot Rosso: Amanda Tavares
Maura Chester: Amanda Moreira


Yamada-kun to 7-nin no Majo



Ryu Yamada: Renan Alonso
Urara Shiraishi: Raissa Bueno
Toranosuke Miyamura: Renan Villela
Nene Odagiri: Jessica Cardia
Ushio Igarashi: Gustavo Martinez
Leona Miyamura: Amanda Moreira
Noa Takigawa: Beta Cinalli
Mikoto Asuka: Viviane Munuera


E aqui, para os jovens, deixo um exemplo da pior dublagem já realizada. E não é só minha opinião, é um consenso geral. Somente este gemido inicial já colocará vocês em agonia!




Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof