Pular para o conteúdo principal

Goddess Kiss- O Completinho


Goddess Kiss- O Completinho!

Esse jogo coreano para Android, que você pode adquirir pela Google Play Store, é um dos mais completos jogos para celular que eu possuo e jogo. É um jogo de estratégia, um jogo com Mechas, um jogo de carta e um jogo de romance ao estilo harém, tudo no mesmo pacote. É, ou não é, completinho? Veja o vídeo abaixo, que mostra a música tema, que é linda e veja mais detalhes nos parágrafos seguintes.



História: Goddess Kiss é um batalhão de pilotos de uma organização militar chamada R.E.A.P. que combate o Império que tenta dominar o mundo. No início do gameplay, somos apresentados a alguns integrantes do grupo que estavam em missão. Nesta missão, algumas militares são capturadas e o comandante é morto. Assim, o jogador é designado como o novo comandante da Goddess Kiss. Suas primeiras missões de campo são missões de resgate dos membros capturados pelo Império.  As militares foram dominadas mentalmente por um material (Obedience), para o qual somente nós possuímos anticorpos. Nós conseguimos libertar estas militares com a troca de anticorpos através de um beijo. As missões seguintes apresentam mais da história, mas este é um bom resumo do início do jogo.

   O jogo é de estratégia porque, dependendo de quem você designa para a missão, você pode vencer ou perder. Existem militares especializadas em defesa, ataque e cura. Para o sucesso de uma missão tudo pode influenciar, como o nível dos Mechas, o nível de afeição da militar por você, o nível de treinamento delas e, também, a posição que você escolhe para elas no seu plano de ataque. Uma pequena alteração pode significar a vitória. E isso é estratégia e um dos elementos mais legais do jogo.



É um jogo de carta, porque cada militar pode ser evoluída se você possuir a quantidade certa delas. Elas vão de uma estrela (a mais baixa do nível) até cinco estrelas, que acredito ser a qualificação mais alta. Também é um jogo de romance, porque você pode dar presentes para as suas subordinadas e aumentar o nível de afeição/amor que elas sentem por você. Quanto mais alta a afeição, mais poder, mobilidade e defesa elas adquirem em combate e, também, liberam histórias divertidas que contam nosso cotidiano como comandante delas e o passado de algumas. Recomendo amentar de imediato a afeição da E-Young para ver o passado do antigo comandante e mais do nosso próprio passado no jogo.  

É também um jogo que o jogador pode ir longe, caso conheça a mecânica de jogos assim, sem precisar gastar dinheiro. Eu já gastei dinheiro, mas porque gostei bastante do jogo. E o jogo é tão completinho que ele tem a função de fotografar a tela, ou gravar o game play (ainda não descobri como colocar som na gravação) através de poucos cliques. Não vi essas funções em nenhum outro jogo. Veja abaixo um pouco do meu gameplay sem áudio.



Possui diversos modos de jogo também: Arena, Conquista, Banco (Loteria), Recompensas, Romance, Boss Raid e Laboratório. Você pode se divertir horas nesse jogo fazendo muito. Ah, experimente cutucar as personagens e veja a reação delas. Recomendo!

Goddess Kiss é da Flero (Facebook)

Postagens mais visitadas deste blog

Outros Papos Indica: O Cérebro que se Transforma

Norman Doidge é psiquiatra, psicanalista e pesquisador da Columbia University Center of Psychoanlytic Training and Research, em New York, e também psiquiatra da Universidade de Toronto (Canadá). Ele é o autor deste livro que indico a leitura. O livro, segundo o próprio editor, “reúne casos que detalham o progresso surpreendente de pacientes” que demonstram como o cérebro consegue ser plástico e mutável. Pacientes como Bárbara que, apesar da assimetria cerebral grave, na qual existia retardo em algumas funções e avanço em outras, conseguiu se graduar e pós-graduar. Um espanto para quem promove a teoria de que o cérebro humano é um órgão estático, com pouca ou nenhuma capacidade de se adaptar. “ Creio que a ideia de que o cérebro pode mudar sua própria estrutura e função por intermédio do pensamento e da atividade é a mais importante alteração em nossa visão desse órgão desde que sua anatomia fundamental e o funcionamento de seu componente básico, o neurônio, foram esboçados pela p

TOP 3 de séries que merecem remake!

 Existem muitas séries da década de 90, na minha opinião, que mereciam um remake (manter a obra original, apenas contando novamente a história, com a tecnologia atual disponível). Vou citar aqui 3 delas. Estas séries foram escolhidas, pois são séries que ainda mexem comigo, que ainda gosto e que ainda lembro delas como se tivesse as assistido ontem. Esse foi o critério de seleção para esse simples TOP 3, de séries da década de 90, que mereciam um remake.  Oh My Goddess A série mesmo começou em 1988, encerrando-se em 2014, contendo um total de 48 volumes. Ela entra na lista por conta do seu primeiro OVA, lançado em 1993, cabendo perfeitamente nessa lista. A animação realizada pelo studio AIC foi uma das mais belas que já vi e promoveu a criação de outras séries, sendo que a última, se não me engano, terminou em 2013, com outro OVA. Já se passaram quase 10 anos desde a sua conclusão. Um remake dessa série, contando-a do começo a o fim, seria uma ótima celebração. O mangá vendeu mais de 4

Antologia Scortecci 40 Anos!

Antologia para edição especial de aniversário de 40 anos da Scortecci editora, para a 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo (2022) e, enfim, para ser a edição comemorativa dos 100 anos da Semana de Arte Moderna. Como as poesias já fazem parte desse blog, não faria sentido reescrevê-las, então, deixo aqui cópias das páginas da minha colaboração. Foi uma honra poder ter participado de tão nobre edição comemorativa. Obrigado pela oportunidade.     Primeira parte: Segunda parte: