Pular para o conteúdo principal

Outro Papos indica Little V Mills

 O belo também é harmonia musical, então, indicar o canal de um metaleiro que não somente faz covers de anime songs (anisongs) como também as adapta para o metal, é indicar o belo. Pode parecer estranho, mas o metal possui beleza, principalmente se o trabalho for rigoroso como o dele. Ele adapta para o heavy metal, ele canta e ainda canta em japonês. E a  beleza no heavy metal é multifacetada, indo desde o visual rebelde até a exuberância teatral, sempre refletindo a diversidade e a criatividade desse gênero musical.

Outros Papos indica: English Heritage

English Heritage é um canal que trata também de receitas da era vitoriana. A ambientação do canal é espetacular, pois nos remete àquela era. E não somente a era, mas as receitas e utensílios usados também. Eles tentam manter a receita o mais fiel possível à sua época. Eu fico com água na boca só de assistir e um reconforto no coração, pois traz tranquilidade saber que ainda existem fundações que protegem o passado e conservam a história. 


Sobre o canal, escrito pelo próprio canal: 

"A English Heritage é uma instituição de caridade que cuida de mais de 400 prédios, monumentos e locais históricos - de locais pré-históricos mundialmente famosos a grandes castelos medievais, de fortes romanos nos limites do império a um bunker da Guerra Fria. Por meio desses lugares, damos vida à história da Inglaterra para mais de 10 milhões de visitantes a cada ano.


Nosso canal no YouTube busca levar a história da Inglaterra além das paredes e compartilhá-la com o mundo. Inscreva-se e seja o primeiro a ver nossos vídeos inspirados na história quando forem ao ar: https://goo.gl/c5lVBJ


Descubra como você pode apoiar nossa causa: https://bit.ly/supportEnglishHeritage


Observe que apoiamos as diretrizes da comunidade do YouTube e queremos manter nosso canal divertido e agradável para todos. Adoramos ouvir suas opiniões e incentivá-lo a deixar comentários, mas nos reservamos o direito de remover qualquer coisa que vá contra o espírito dessas regras. Para mais detalhes, visite:

https://www.youtube.com/intl/en-GB/yt/about/policies/#community-guidelines"




Postagens mais visitadas deste blog

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Outros Papos indica: Japanese Noodles Udon Soba Kyoto Hyogo

 Saboreiem! Um canal dedicado à culinária japonesa! Se gostarem, se inscrevam lá!

Traduções ideológicas

Hoje, no blog, não farei recomendações, mas sim uma sugestão. Há uma controvérsia em torno de alterações indesejadas em traduções e legendas de obras japonesas. Se os próprios japoneses começassem a traduzir e legendar seus animes para o Ocidente, essas distorções poderiam ser evitadas. Pergunto-me por que, até agora, os japoneses ainda não optaram por legendarem eles mesmos e disponibilizarem à venda discos com suas obras legendadas em outros idiomas. Isso certamente eliminaria o ruído ideológico e, sem dúvida, eu seria um dos consumidores da mídia física lançada por eles, com legendas "feitas em casa". Na administração, aprendemos que devemos apresentar não apenas os problemas, mas também as soluções. Portanto, considero essa a solução para o problema das alterações ideológicas em obras orientais.