Pular para o conteúdo principal

Ciclo acadêmico e literário!

Ciclo acadêmico e literário



Eu também possuo livros nessas duas vertentes literárias. Para o meu trabalho de conclusão de curso, bacharelado em Jornalismo, eu analisei as influências de quadrinhos japoneses em artistas brasileiros e, para tanto, elaborei um estudo de caso da antologia Mangá Tropical, que havia sido lançada pela Via Lettera e organizada pelo competente Alexandre Nagado. O livro, "Mangá Tropical- um estudo de caso", explora percepções artísticas, arcabouços temáticos, história do mangá e, finalmente, suas influências nos artistas brasileiros e como essas influências chegaram aqui. O livro também está disponível via Amazon.



Eu também sou amante de filmes de terror e adoro um filme B, que é uma denominação para filmes do tipo “trash”, com baixo orçamento, e muito gore. Sempre gostei de filmes de terror e decidi escrever uma ficção cujo tema seria o Apocalipse Bíblico. Em “Apocalipse: Brasília!”, a história inicia nos momentos finais da igreja na Terra, antes do arrebatamento, e prossegue com a vida dos que não foram escolhidos. Deus, mesmo assim, não abandona por completo os que foram deixados para trás e reúne uns caras ruins para defender os que aqui ficaram. Sim, os personagens todos são anti-heróis que, em algum momento, cometeram algum deslize que os fizeram permanecer na Terra. Até escrevo sobre a indignação de um anjo ao ver que um dos escolhidos, para receber os dons das cartas das igrejas do Apocalipse, era um criminoso. Esses jagunços vão proteger o povo que aqui ficou e irão procurar a sua redenção. O livro também possui lutas bem ao estilo Dragon Ball Z, sendo quase um quadrinho. Está na Amazon também. Notem a capa profética do livro! E a história tem uma continuação indireta que ainda não lancei.



E, também, lancei um livro chamado “Amanhecer na juventude e entardecer na maturidade” que concentra alguns dos meus poemas, na maioria de estilo livre, sem se prender a muitas regras de estilo. Eu comecei, em 2018, a ser mais rigoroso com métrica e os próximos livros terão poesias mais elaboradas nesse sentido. O livro em questão possui mesmo é liberdade criativa e sentimentos. Como poeta, eu sei que posso crescer mais e que minhas poesias atuais estão melhores. O caminho da escrita e sempre se desenvolver.


Com isso, além de um blog com 10 anos de vida, que serão completados no ano que vem, e com mais de mil atualizações, eu também possuo 8 livros ainda à venda via Amazon, mais três no forno e outros dois lançados em outras plataformas, mas que precisam de uma atualização, como o “Manual do escritor independente” que está na Perse e está desatualizado, e o “Sete” que acho que ainda está na editora Litteris, mas precisa de uma revisão urgente. Eu também participei de muitas antologias e, até o momento em que parei de contar, já tinha mais de 30 contribuições em antologias diversas, lançadas no Brasil e em Portugal.


Se deseja contribuir com meu trabalho, por favor, compre meus livros. Obrigado!

“Antologia do pequeno rato”, “Eu falei de crise”, “Eu falei de crise- segunda parte”, “Fé de mais, ou fé de menos?”, “Faces de Deus”, “Mangá Tropical- Um estudo de caso”, “Apocalipse: Brasília!” e “Amanhecer na Juventude e Entardecer na Maturidade” estão todos na Amazon.

Postagens mais visitadas deste blog

Outros Papos Indica: O Cérebro que se Transforma

Norman Doidge é psiquiatra, psicanalista e pesquisador da Columbia University Center of Psychoanlytic Training and Research, em New York, e também psiquiatra da Universidade de Toronto (Canadá). Ele é o autor deste livro que indico a leitura. O livro, segundo o próprio editor, “reúne casos que detalham o progresso surpreendente de pacientes” que demonstram como o cérebro consegue ser plástico e mutável. Pacientes como Bárbara que, apesar da assimetria cerebral grave, na qual existia retardo em algumas funções e avanço em outras, conseguiu se graduar e pós-graduar. Um espanto para quem promove a teoria de que o cérebro humano é um órgão estático, com pouca ou nenhuma capacidade de se adaptar. “ Creio que a ideia de que o cérebro pode mudar sua própria estrutura e função por intermédio do pensamento e da atividade é a mais importante alteração em nossa visão desse órgão desde que sua anatomia fundamental e o funcionamento de seu componente básico, o neurônio, foram esboçados pela p

TOP 3 de séries que merecem remake!

 Existem muitas séries da década de 90, na minha opinião, que mereciam um remake (manter a obra original, apenas contando novamente a história, com a tecnologia atual disponível). Vou citar aqui 3 delas. Estas séries foram escolhidas, pois são séries que ainda mexem comigo, que ainda gosto e que ainda lembro delas como se tivesse as assistido ontem. Esse foi o critério de seleção para esse simples TOP 3, de séries da década de 90, que mereciam um remake.  Oh My Goddess A série mesmo começou em 1988, encerrando-se em 2014, contendo um total de 48 volumes. Ela entra na lista por conta do seu primeiro OVA, lançado em 1993, cabendo perfeitamente nessa lista. A animação realizada pelo studio AIC foi uma das mais belas que já vi e promoveu a criação de outras séries, sendo que a última, se não me engano, terminou em 2013, com outro OVA. Já se passaram quase 10 anos desde a sua conclusão. Um remake dessa série, contando-a do começo a o fim, seria uma ótima celebração. O mangá vendeu mais de 4

Antologia Scortecci 40 Anos!

Antologia para edição especial de aniversário de 40 anos da Scortecci editora, para a 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo (2022) e, enfim, para ser a edição comemorativa dos 100 anos da Semana de Arte Moderna. Como as poesias já fazem parte desse blog, não faria sentido reescrevê-las, então, deixo aqui cópias das páginas da minha colaboração. Foi uma honra poder ter participado de tão nobre edição comemorativa. Obrigado pela oportunidade.     Primeira parte: Segunda parte: