quarta-feira, 22 de julho de 2020

Poema para Cristo!

Jamais quis condenação;

Estava lá a servir;

Sua arma: compaixão;

Um senhor em servidão;

Sou salvo pelo ouvir.



Uma quintilha heptassilábica em formato ABAAB sobre minha fé em Cristo! 




Eu Escritor!

Participei da seleção de textos do projeto Apparere, da editora Perse, e estarei nas páginas da antologia com o texto abaixo. O texto foi pe...