Pular para o conteúdo principal

Outros Papos indica: Howl's Moving Castle

Revisão: Copilot Sengoku Youko trouxe à tona muitas das minhas lembranças. Uma delas, que me enche de saudade, foi quando levei minha avó para assistir a Howl’s Moving Castle e testemunhei sua maravilha diante dos detalhes desse magnífico filme do grande mestre Hayao Miyazaki. Durante a semana de Sengoku Youko , aprendi uma lição importante sobre a brevidade da vida. Minha avó partiu há algum tempo, mas sua lembrança permanece forte em meu coração. Clique na imagem para comprar via Amazon. Data do print: 03/04/2024 Howl’s Moving Castle (ou O Castelo Animado em algumas traduções) é um filme de animação japonês lançado em 2004 , escrito e dirigido por Hayao Miyazaki . O filme é baseado de forma livre no romance homônimo de 1986 , escrito pela autora britânica Diana Wynne Jones . A história se passa em um reino fictício onde a magia e a tecnologia do início do século XX coexistem, em meio a uma guerra com outro reino. A protagonista, Sophie , é uma jovem chapelaria que é transformad

Phoenix Wright Ace Attorney: o animê!


Phoenix Wright Ace Attorney- a animação



Ainda não sei porque essa série tem o “ace attorney” no seu nome, pois ela não apresenta nenhuma brilhante ação do protagonista como advogado, embora ele seja um ótimo investigador. Aliás, o jogo fica devendo, em muito, ações processuais mais verídicas. Advogado bom usa o código processual à seu favor e o Phoenix sequer sabia as principais leis de seu país. Um péssimo aluno de Direito. (😊) O correto mesmo seria “Phoenix Wright: Ace Detective”.




Como dediquei a semana passada ao jogo, essa semana vou dedicar ao animê. Realizado pela equipe do A1-Picture, a série de 24 episódios está disponível para o Brasil via Crunchyroll e foi ao ar, no Japão, em 2016, ou seja, ela já tem um tempinho que está rodando por aqui. A animação em si é mediana, sem nenhum momento de maior brilho. Esse é um problema do estúdio, pois ele é conhecido por assumir a produção de vários títulos por temporada e alguns deles acabam caindo nas mãos de profissionais de menor qualidade. O diretor Ayumu Watanabe não é um dos meus preferidos, sendo responsável por alguns filmes do Doraemon e por uma única série que eu realmente gostei (My Girlfriend X). Ele não se arrisca muito e faz um trabalho sempre morno.

A equipe também optou por algumas decisões de produção um tanto quanto questionáveis como, por exemplo, a opção por uma música lenta para a abertura da segunda temporada. Ela era tão lenta que parecia ser o encerramento da série. Além disso, optaram por manter a caracterização visual de alguns personagens e isso ficou tão infantil que dava vergonha de assistir. Outro ponto estranho da produção foi ter corrido com algumas deduções (jogue o último capítulo da trilogia e depois vá assistir ao capítulo referente da série de televisão)  e você vai ver que o roteirista da série parece ter ficado de saco cheio e decidiu correr com certas deduções, atropelando até a lógica. Alguns capítulos do jogo também não chegaram a ter uma produção para o animê. Não existe o uso da magatama no animê e isso causa uma ausência de lógica para algumas questões. A magatama permite que o Wright veja cadeados que simbolizam segredos e permite quebrar os cadeados forçando, assim, que o personagem revele o segredo escondido. No animê isso não acontece e  muito da lógica do jogo se perde.

E algumas decisões da equipe de licenciadores ficaram esquisitas, como a adaptação de nomes. Aqui no ocidente resolveram manter os nomes japoneses para o animê e os nomes ocidentais para o jogo, o que causa uma certa confusão. Naruhodo (animê) é o Wright (jogo), Maya (jogo) é a Mayoi (animê) e a pequena Pearl (jogo) é a Harumi (animê). Uma bagunça. Alguém pode alegar que isso se justifica pelo significado dos nomes, isto é, Naruhodo pode ser entendido como “certo”, ou seja, Wright- certo- em inglês. Não considero assim. Apesar do significado, o símbolo (significado + significante) precisava ser mantido, para que a identidade fosse preservada ao máximo. Essa mudança só causou estranheza para quem começou o jogo e depois foi assistir à animação. Além disso, o prato predileto da Maya no jogo é hamburguer, mas, na série animada, é lámen. Acho até que dá para dizer que são dimensões paralelas. Uma “Crise nas Infinitas terras” nipônica.   

O que salva o jogo e, também, a animação:  a  Maya  e a Pearl, que  são adoráveis! A história trágica da família mediúnica delas é convincente e te faz querer proteger as duas. Você sente um elo com o jogo e com o animê por conta do carisma dessas duas. Elas carregam nas costas tanto o jogo como a série animada. A forma como elas se comportam, as ações de molequinha da Maya e a visão romântica da Pearl (que acredita que tem um romance no ar entre a Maya e o Wright); é tudo muito cativante. Elas salvam a animação e o jogo. Aliás, no jogo, durante um diálogo, eu precisei chamar a Maya (que estava vestida de garçonete) para atrair uma testemunha, mas o velho tarado não se importou com ela. Ela é pequena e sem um apelo sexual forte. Em seguida, ela invoca sua falecida irmã (Mia no jogo e Chihiro no animê)  e suas características físicas se alteram (a invocação mediúnica altera a forma física do médium no jogo e a Mia, que tem um corpão, ao ser invocada altera o corpo da Maya). O velho ao olhar para a Mia de garçonete fica doido. Eu caí na gargalhada. Abaixo uma cena da Mia invocada no tribunal, no animê, e vejam porque o velho ficou babando!



Enfim, tanto o jogo, como a série animada possuem um lado forte: as primas Maya e Pearl.  São elas que salvam a franquia nessa trilogia e nessa série animada.    

Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof