sexta-feira, 17 de abril de 2020

Twitter War: Covid-19- Segunda Parte!


COVID-19 WAR


E a crise continua, mas ela não é sobre o vírus. É sobre o seu uso político. Usaram o vírus para impedir o direito à liberdade do cidadão. Usaram o vírus para vigiar o cidadão através de seu celular. Usaram o vírus para fechar comércios. Para muitas pessoas, que não possuem reserva de capital, o que é boa parte da população, isso começou a afetar a sua condição física, moral e psíquica, pois começou a faltar alimento. Com pouco giro de capital e mercadorias, os preços aumentaram. Tudo começou a ficar mais caro.

Muitas pessoas que estavam nas ruas foram presas, simplesmente por estarem lá. Isso não é controle do vírus. Isso não é APENAS isolamento horizontal.  Isso é controle da população através do medo. Você gostou disso? Desse controle opressor dos governadores contra a sua população? Se não gostou, ótimo! Isso é uma pequena prova do socialismo implantado. É assim o dia-a-dia de pessoas atrás da cortina de ferro. Se não gostou, é seu dever impedir a implantação do socialismo em nossa nação, para que nossos filhos não fiquem reféns de um estado autoritário.


Nelson Teich[1]: “Vamos começar falando sobre a polarização que está acontecendo entre a saúde e a economia. Esse tipo de problema é desastroso porque trata estratégias complementares e sinérgicas como se fossem antagônicas. A situação foi conduzida de uma forma inadequada, como se tivéssemos que fazer escolhas entre pessoas e dinheiro, entre pacientes e empresas, entre o bem e o mal.”



Como disse em um texto anterior, eu me arrependi de ter dado apoio ao Madetta. Eu o fiz, pois suas palavras foram confortadoras em um momento de caos, porém, suas ações deixaram a desejar. Fui conhecendo (Osmar Terra, Wong, Zimerman e Yamaguchi) estudos discutindo e questionando o isolamento horizontal. Eu os coloquei aqui no blog, para que todos tivessem ciência do contraditório. Ciência é isso: dúvidas, contraditório, pesquisas e relativismo. Quando começaram a usar o isolamento horizontal como meio de oprimir o cidadão, ficou claro que os governadores, à revelia do presidente da República, queriam o caos. Aqui um vídeo sobre os motivos da demissão do ministro. Assistam.



E nós temos apenas um pequeno grupo de pessoas lutando contra isso, nos representando no poder político: o presidente da República, seu vice, alguns generais, alguns advogados e ministros. Todo o resto, STF, governadores, Congresso, mídia e políticos estão torcendo pelo vírus, pelo totalitarismo, e pelo medo.  São agentes do caos. Querem derrubar o presidente, nem que destruam o país no caminho.



Maia, por exemplo, está aprovando orçamentos de forma a impedir o controle fiscal. Caso o presidente supere a crise da pandemia, e ele vai superar, como todos nós, ele cairá na malha do Congresso que o está forçando a assumir responsabilidades fiscais além da conta do orçamento. Estão estourando o orçamento para, depois, o acusarem de irresponsabilidade fiscal e pedirem seu impeachment. O golpe está claro e está à nossa frente. O “centrão” continua agindo.

Como se não bastasse, inventam números para a crise. Uma fonte que tenho em um hospital disse que a margem de ocupação dos leitos de UTI está em 40% e que o pico da pandemia se foi. Como podem dizer que as UTIs estão lotadas? Eles jogam com o medo. Isso também foi mostrado aqui.




Esse doutor divulga a mesma informação. Governadores estão escondendo a verdade da população? Leia e decida!

E, mesmo assim, é necessário continuar enfrentando o medo, o totalitarismo e a doença. É uma situação que nunca foi vista e que não se tem parâmetros para se criar uma baliza, mas o Brasil vencerá!







[1] Leia em: <https://www.linkedin.com/pulse/covid-19-como-conduzir-o-sistema-de-sa%C3%BAde-e-brasil-nelson-teich>

Demon Lord

  Demon Lord M eu mundo é de trevas; I ntenso o momento; S ou rei que tudo pode; F arei o seu tormento; I rei destruir tudo; T odo o sofrime...