sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Notas rápidas sobre animês!


Notas rápidas!

Desisti
Is It Wrong to Try to Pick Up Girls in a Dungeon?
https://www.crunchyroll.com/pt-br/is-it-wrong-to-try-to-pick-up-girls-in-a-dungeon


Inventaram que a antítese de um herói seria uma prostituta, então, o lugar mais perigoso desse mundo fictício deixou de ser a dungeon e passou a ser o bairro da luz vermelha, no qual até o Minotauro seria estuprado com facilidade. Dito isso, a série é o Bell sendo perseguido por prostitutas que lutam melhor que qualquer guerreiro que a série anterior já tenha mostrado. E a dungeon ficou sem sentido. Melhor, para evoluir como aventureiro, ficar fazendo sexo e brigas no puteiro, do que entrar em uma dungeon. É, o enredo ficou ruim assim e acabei por largar essa série.  



Quase desistindo
  Do You Love Your Mom and Her Two-Hit Multi-Target Attacks?
https://www.crunchyroll.com/pt-br/do-you-love-your-mom-and-her-two-hit-multi-target-attacks


Sabe terapia de casal? Ou terapia familiar? A série é tão forçada ao tratar de questões familiares, que fica parecendo uma péssima sessão de terapia. O que ainda me deixa ligado nela são as piadas que ainda funcionam na maioria das vezes. As piadas é que salvam, porque, quando o enredo tenta se envolver no drama dos personagens, é sofrível!



Está com tudo!
A Certain Scientific Accelerator
https://www.crunchyroll.com/pt-br/a-certain-scientific-accelerator


Está tudo indo bem com esse enredo. Accelerator continua um marginal de primeira, que essencialmente luta por uma única pessoa que viu algum valor nele. Apesar disso, ele demonstra algum respeito por outras vidas, mostrando que a Misaka está sendo uma boa influência na vida do garoto! 😃 A ação entrega direitinho essa motivação do personagem. Já a história, girando em torno da necromancia, está funcionando muito bem. Tem boas surpresas e personagens bem trabalhados! É uma série que está entregando um trabalho muito bom e eu estou gostando de ver. Mete porrada, Accelerator! 😊

Recado aos Raymundo!

Aos Raymundo de Porto Alegre; Eu não quero saber de suas mentiras e nem de seus venenos. Estou vivendo em paz com minha mãe. Deixem-nos ...