Pular para o conteúdo principal

Antologia do Pequeno Rato

 Não é um exemplo de literatura gótica, apesar de ter animais fantásticos que falam, mas possui o sofrimento da alma da literatura gótica. É um clamor sofrido de um pequeno ser que está preso em um ambiente de experimentos e só tem no seu cientista o seu observador e, quem sabe, seu salvador. É uma metáfora para os sentimentos de traição, perda e dor de ser agredido e não ter a força necessária para reagir. Tudo isso é gótico. 

Drops: Idun e Thor


Outros Papos Drops: Idun e Thor

 

Idun

Idun do jogo Valkyrie Connect


Deusa nórdica da primavera, no jogo Valkyrie Connect, é representada por uma linda e gentil mulher capaz de enternecer o coração de seres como os Jotun. É do jogo a imagem que busquei para representá-la aqui. Semana passada, eu me senti como o jotun Thiassi, pois estava no shopping e uma mulher belíssima veio me pedir ajuda para pegar o Uber. Tão linda, alegre e simpática como a Idun, logo me senti como Thiassi. Saí do shopping perplexo que ainda existam mulheres que falem com este ogro. A humanidade ainda tem esperança.


Thor

É outro deus nórdico, como a Idun. Nos quadrinhos da Marvel, os editores decidiram que eles não seriam mais deuses, mas alienígenas com tecnologia avançada. Não gostei dessa decisão, pois tira o brilho e o impacto que os personagens possuíam antes. Todos sabemos que tecnologia pode ser substituída, copiada, hackeada, alterada e destruída. Não causa espanto nenhum ao ver isso em tela, pois é normal. A Enterprise, por exemplo, já passou por tudo isso. Já a magia não. Um feitiço de Odin só deveria ser desfeito pelo rei. O Mjolnir não poderia ser destruído, ou, por fim, os deuses deveriam ser superiores a monstros e criaturas. A magia é algo excepcional. Já que Thor é só um ET, o trailer abaixo não causa impacto. Imaginem, por exemplo, se a Marvel tivesse mantido a imagem divina dele? A destruição do Mjolnir seria maior aos nossos olhos. Eu saltaria da cadeira dizendo “que poderosa não deve ser esta deusa que é capaz de destruir o indestrutível Mjolnir”! Agora não. Como é tudo tecnologia, eu digo para o Thor ir atrás do Spock que ele faz outro martelo para ele. Não tem graça. E é por isso que não achei grande coisa o trailer abaixo. É quase um capítulo de Star Trek no qual o capitão Kirk (Thor) fica preso em um planeta desconhecido, e sem a ajuda da Enterprise (Mjolnir) e sua equipe. Bléh!

 

 

Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof