quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Fada e Cavaleiro




Ela amava,
Seduzir-me ela tentava,
Com forças e magia,
Próprias de uma fada! Aquela, guria!


Nem necessitava disso;
Já estava caído pelo seu feitiço;
Louco para agarrar-lhe por trás;
Soprando-lhe desejos, amor vivaz!


Contemplo-a por inteiro;
Se é uma fada, sou teu cavaleiro;
 Juntos, vamos celebrar;
Caí indefeso pelo teu amor! Vamos comemorar!








Hipogamaglobulinemia não familiar

  Hipogamaglobulinemia não familiar Resultados do segundo laboratório! Agora, com mais calma, posso contar o que me aconteceu. Estou escreve...