Pular para o conteúdo principal

Antologia do Pequeno Rato

 Não é um exemplo de literatura gótica, apesar de ter animais fantásticos que falam, mas possui o sofrimento da alma da literatura gótica. É um clamor sofrido de um pequeno ser que está preso em um ambiente de experimentos e só tem no seu cientista o seu observador e, quem sabe, seu salvador. É uma metáfora para os sentimentos de traição, perda e dor de ser agredido e não ter a força necessária para reagir. Tudo isso é gótico. 

Mané Garrincha será privatizado! Um poeminha em homenagem a isso!

Coisa pública,
Não é do governo, não!
Sim, é do povo!



Um haikai simples, até ingênuo. Veja esta matéria- Mané Garrincha deve ser privatizado! Mais um legado da Copa, um elefante branco! O valor da construção do novo Mané Garrincha foi de R$1,4 bilhão. Até o presente momento, o estádio deu  lucro de R$1,7 milhão, porque teve custo de 1,5 milhão de reais e rendeu 3,2 milhões (receita – despesa =  lucro)! Considerando-se esta quantia, o estádio não conseguirá se pagar nem em 30 anos! E ainda tem o Secretário Extraordinário da Copa no Distrito Federal, Cláudio Monteiro, que desabafa e afirma: "A Copa serviu para valorizar ainda mais o Mané, é uma pena que ainda haja quem pense que se trata de um elefante branco”.


Acho que o secretário desconhece o conceito de um “elefante branco”. Segundo a wikipédia, “elefante branco é uma expressão idiomática para uma posse valiosa da qual seu proprietário não pode se livrar e cujo custo (em especial o de manutenção) é desproporcional à sua utilidade ou valor”.  Ora, senhor secretário, um estádio que não paga o que foi gasto em sua construção é um elefante branco. E o governo, para não ficar com este mamute encalhado nas próprias despesas, vai passa-lo adiante e tentar arrecadar a quantia do empresário desavisado que o comprar. Acredito que a licitação nem chegue perto de 1 bilhão de reais, pois nenhum empresário vai aceitar pagar isso sem a garantia de retorno.



O estádio é de Brasília, é do povo brasileiro e o governo o trata como se fosse propriedade dele, quando, na verdade, ele apenas o resguarda para o povo. Agora, vai repassar para a iniciativa privada. Mais um legado da Copa, não é mesmo Teo José?

Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof