Pular para o conteúdo principal

O belo vive!

 O Belo vive;  Sonhos na neve;  Alma limpa!

O Ciúme em "The World Is Still Beautiful" - 7

O ciúme em “The World is Still Beautiful”- capítulo 7
“O ciúme nasce sempre do amor, mas nem sempre morre com ele.” - François de la Rochefoucauld (escritor francês do século XVII)

Ah... o ciúme! Existe sentimento mais perturbador que o ciúme? Quando sua mulher fica de conversa com seu patrão, e ambos se olham com olhares muito afetuosos, naquela festinha de fim de ano, bate aquele ciúme, né? Quem nunca sentiu isso, mesmo que em leves doses, que atire a primeira pedra a este texto! No capítulo 7, já liberado a não assinantes (clique para assistir), Livius demonstra todas as mazelas deste sentimento.



Capítulo 7


Entre uma lição e outra, Nike consegue dar uma fugida, para apreciar um festival, ao lado do rei Livius. No festival, são acompanhados por uma figura que os observa. Ao fim do festival, ambos retornam ao palácio e são surpreendidos com o retorno do antigo Primeiro Ministro e tio do rei- Bard- que era o observador durante o festival. Um tipo conquistador que, já no primeiro encontro com Nike, a deixa perplexa com seu comportamento.




Neste instante, inicia-se o processo de ciúme de Livius. O site Ciúmes define bem o que é este sentimento: “Enquanto o ciúme é motivado por algo que se possui e que se tem medo de perder, a inveja é motivada por algo que não se possui, mas que se quer ter ou então que não se quer que mais ninguém tenha”.





Livius vê em Bard, neste início, um rival com o qual não pode lidar, pois Bard é mais carismático, e mais popular com todos, do que o recluso e jovem rei. Ele ainda se esforça para competir com o mesmo, como no arco e flecha, mas sua pequena estatura o impede de ser bem sucedido. Neste ponto podemos notar o ciúme normal, como o que é definido por Andrea Lorena, pesquisadora de ciúme excessivo do Laboratório Integrado dos Transtornos do Impulso (PRO-AMITI) do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP), que afirma: “O ciúme normal é transitório e se baseia em ameaças e fatos reais. Ele não limita as atividades – nem interfere nelas – de quem sente ou é alvo de ciúme e tende a desaparecer diante das evidências”.


Entretanto, Bard tem planos para a princesa Nike que Livius nem imagina. Já na cena da festa de gala, Bard aproveita para galantear e tentar conquistar a princesa, levando-a ao quarto. Neste ponto, acredito que Bard esteja sendo controlado pela inveja causada por Livius manter um relacionamento com Nike, embora o roteiro não defina assim. O roteiro define esta situação como o “tio testando a noiva do sobrinho, para ver se ela é digna do casamento”. Para mim é inveja, como a descrição no parágrafo anterior define.





Neste momento, The World Is Still Beautiful toma emprestado elementos de Otelo, O Mouro de Veneza que tem o enredo assim descrito: “A desconfiança de que a mulher mantinha relacionamento com um rapaz mais jovem – despertada e alimentada por insinuações de um subordinado, Iago – levou-o a buscar e a acreditar ter encontrado provas da traição em fatos triviais”. (Fernanda Ribeiro).  


Livius avança contra o casal no quarto e o ciúme torna-se doentio. “Não raro os pensamentos irracionais se traduzem em comportamentos compulsivos, sustentados pela ilusão de que é possível controlar o que o parceiro faz ou sente” (Fernanda Ribeiro). Este ciúme doentio culmina na prisão de ambos e no fim deste capítulo.




Um capítulo sensacional que tramita pelo ciúme normal e sadio, para acabar no ciúme controlador e doentio. Se ficou apreensivo pelo destino da princesa Nike, sossegue, pois o capítulo seguinte já mostra o casal em cenas cômicas. Não achei uma transição adequada, pelo modo como este capítulo termina, mas ele possui tantos elementos interessantes, que vou deixar isso passar. Se interessou, pode assistir!



Sobre a série:




Sinopse no site do Crunchyroll: “Baseado no mangá de Dai Shiina, O Mundo Ainda é Lindo é um romance fantástico centrado em Nike Lemercier, a quarta princesa do Reino Dukedom, com os poderes únicos de invocar a chuva. Depois de perder um jogo de pedra papel ou tesoura com suas irmãs, ela tem que se casar com o rei do Reino Ensolarado, Livius I. Quando ela o encontra, descobre que ele ainda é uma criança, mesmo tento conquistado o mundo somente três anos antes de ascender ao trono. Mesmo eles sendo estranhos no começo, eles logo começam a se entender e desenvolvem laços emocionais.”

Postagens mais visitadas deste blog

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Outros Papos indica: Japanese Noodles Udon Soba Kyoto Hyogo

 Saboreiem! Um canal dedicado à culinária japonesa! Se gostarem, se inscrevam lá!

Traduções ideológicas

Hoje, no blog, não farei recomendações, mas sim uma sugestão. Há uma controvérsia em torno de alterações indesejadas em traduções e legendas de obras japonesas. Se os próprios japoneses começassem a traduzir e legendar seus animes para o Ocidente, essas distorções poderiam ser evitadas. Pergunto-me por que, até agora, os japoneses ainda não optaram por legendarem eles mesmos e disponibilizarem à venda discos com suas obras legendadas em outros idiomas. Isso certamente eliminaria o ruído ideológico e, sem dúvida, eu seria um dos consumidores da mídia física lançada por eles, com legendas "feitas em casa". Na administração, aprendemos que devemos apresentar não apenas os problemas, mas também as soluções. Portanto, considero essa a solução para o problema das alterações ideológicas em obras orientais.