Pular para o conteúdo principal

Antologia do Pequeno Rato

 Não é um exemplo de literatura gótica, apesar de ter animais fantásticos que falam, mas possui o sofrimento da alma da literatura gótica. É um clamor sofrido de um pequeno ser que está preso em um ambiente de experimentos e só tem no seu cientista o seu observador e, quem sabe, seu salvador. É uma metáfora para os sentimentos de traição, perda e dor de ser agredido e não ter a força necessária para reagir. Tudo isso é gótico. 

Brazil Digital Future in Focus- 2014

Em maio de 2014, a Comscore revelou seu mais recente estudo sobre internet, chamado “2014 Brazil Digital Future in Focus”. Pode ser acessado aqui. Neste estudo, temos uma maior percepção do Brasil no cenário mundial, principais características de audiência e uso da rede pelos brasileiros. O estudo é bem completo, por isso, aconselho a clicarem acima, para conhecerem cada pormenor. Aqui farei breves apontamentos, mostrando alguns pontos de interesse. Clique na imagem para ampliar e ver detalhes.


Comecemos pela distribuição da internet pelo mundo. Pelo quadro da Comscore, o Brasil representa 40% da audiência da América Latina, ou, falando de outra maneira, 4% da representação mundial, considerando-se a América Latina 10% de toda a audiência mundial. Para termos números complementares, podemos citar o relatório “Internet Trends 2014”, pois nele, segundo reportagem da TelaViva, se afirma que: “No ano passado, 100 milhões de brasileiros acessaram a Internet, ultrapassando a Rússia, o que fez com que se tornasse o quarto maior país em número de habitantes conectados. O número representa um aumento de 12% em relação ao alcançado em 2012, e o segundo maior crescimento entre os 15 principais mercados globais de Internet em 2013 — países com penetração maior que 45%”.





Além deste crescimento em número de internautas conectados, o brasileiro é um dos povos mais presentes (horas de uso por mês) na rede. O brasileiro passa, em média, 29,7 horas por mês navegando. Atrás apenas dos EUA (32,6) e acima da média mundial que é de 22,7 horas/mês. É quase uma hora por dia, todo santo mês! Os brasileiros superam, em muito, a média mensal da América Latina.





É um hábito constante, menos para brasileiros acima dos 45 anos. Os dados revelam que pessoas entre 45 a 54 anos, e acima de 55 anos, permanecem, em média, 13 e 8 horas (respectivamente) conectados por mês. Mesmo assim, houve um aumento de 11% na audiência do brasileiro nos últimos 12 meses (visitantes únicos).



Em se tratando de gênero, o perfil do internauta brasileiro é bem equilibrado, pois 51% do público é masculino e 49% do público é feminino. Além disso, 65% dos internautas brasileiros estão abaixo dos 35 anos. Ao clicar na pesquisa, esta informação está presente na página 13. É um público jovem e com grande presença.


A pesquisa também observa o comportamento do internauta, que procura portais de notícias, tecnologia, educação, games e do governo como suas principais fontes de navegação. Com isto em mãos, a Comscore traçou um TOP de marcas mais acessadas na internet pelos brasileiros. Como mostra o quadro, Google fica em primeiro e, não muito atrás, vem o Facebook e o UOL. É interessante notar neste quadro que portais nacionais estão bem posicionados, como o Terra, R7 e o IG.





Já nossos blogs estão muito bem representados e conseguem um alcance de 77,3%. A blogosfera brasileira possui uma força incrível, pois fica em segundo lugar, acima, inclusive, de países como Espanha e Portugal.




O brasileiro também consome muitos vídeos online, sendo que os campeões de visitas são estes: Google, Facebook, Globo, Maker Studios, Vevo, Warner Music, UOL, Vimeo e Yahoo sites. Eu não conhecia este Maker Studios que tanto sucesso faz no Brasil. Conheci o site aqui. Como veem, o Youtube ainda reina supremo aqui.




Com isso, a conclusão que se chega é de que o brasileiro é um povo interessado em tecnologia, que gosta de informação e entretenimento online, sendo ativo em redes sociais e que marca a audiência mundial como um dos mercados mais atrativos. Mais conclusões na imagem abaixo!  




---------
Sobre a Comscore:

 A comScore é uma companhia líder em tecnologia de internet que mede o que as pessoas fazem enquanto elas navegam pelo universo digital – e transforma essa informação e insights e ações para que nossos clientes maximizem o valor de seu investimento digital



Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof