Pular para o conteúdo principal

OP indica um herói!

 Indicando mais um vídeo do canal do professor Bellei.

Dragon Ball Z: Battle of Gods- Bilheteria

Dragon Ball Z: Battle of Gods- Bilheteria

Uma coisa me deixou curioso sobre a distribuição internacional do filme. Ele foi oferecido, primeiramente, para a Fox, mas foi a Diamond que distribuiu o filme na América Latina. Eu enviei um e-mail perguntando o motivo, mas até agora não recebi resposta. Então, fui pesquisar e achei algo que vou tratar como boato, pois não obtive resposta oficial. Neste boato, dá-se conta que o pessoal da Fox não distribuiu o filme por causa do fracasso de DB Evolution. Será que eles consideraram que o filme daria um retorno menor que Evolution? Fui pesquisar isso também.

Em primeiro lugar, devo dizer que a fonte da renda da bilheteria foi retirada do site BoxOffice Mojo e este não coincide com os números levantados pelo site Filme B. Mostro nos dois quadros abaixo, pois no quadro retirado da página inicial do Filme B o mesmo deu R$1.746.062,00 enquanto que no Box Office Mojo, para aquela mesma semana, o filme deu US$765.020.

Filme B
Filme B


Box Office Mojo

Box Office Mojo


Ora, a taxa de conversão à época da estreia do filme, segundo o próprio Box Office Mojo estava em US$1- R$2,16967. A renda mostrada no Filme B convertida em dólar, por este valor, dá US$804.759,00. Há uma diferença de quase 40 mil dólares. O problema está, justamente, na taxa de conversão. Segundo o BancoCentral do Brasil a cotação para aquele período inicia-se em R$2,1815 por dólar. Bom, informei isso para dizer que, apesar de usar o Box Office Mojo, tenho consciência que a renda no filme é maior do que está ali apresentada. Usarei a cotação oficial do Banco Central para cada conversão aqui apresentada.

Bilheteria de Dragon Ball Evolution no Brasil em 2009


Dragon Ball Evolution, ao final de sua exibição, deu uma renda de US$1.861.083,00 o que, a uma taxa de conversão de R$1,945, dava R$3.619.806,4. Já Dragon Ball Z: Batlle of Gods está dando US$1.716.852,00 o que, pela taxa atual de conversão de R$2,28, dá R$3.914.422,56. Isto indica que não houve sequer uma perda significativa de público e o filme manteve a média de quase 4 milhões de reais que costumava dar. Considero isso um empate.

DBZ: Battle of Gods no Brasil, México , na América Latina e Ásia



Para concluir, a Fox, se o boato for verdadeiro, deixou de ganhar mais de 15 milhões de dólares, com Battle of Gods, em toda a América Latina, porque consideraram que não compensava? Será que foi isso mesmo? Se alguém da Fox estiver lendo, e quiser comentar, basta me mandar um e-mail que eu atualizo aqui com alegria.









Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof