sexta-feira, 22 de junho de 2018

Paraymun, o guru! Texto descontraído!


Paraymun o guru fajuto!

A capa foi sugestão minha e predisse, já em 2013, as condições de nossa política atual. 😃


Em 2003, quando registrei na Biblioteca Nacional meu primeiro trabalho, escolhi brincar com as sílabas de meu nome e criei um anagrama que lembra um nome indiano. Surgiu daí o meu pseudônimo: Paraymun Radoede Motrick. Brinquei e disse que parecia o nome de um guru.





Em 2004, o "guru" registrou o “Apocalipse: Brasília!” que seria editado futuramente (2013) pela editora Perse.  Neste livro, escrevi uma adivinhação: “O distúrbio magnético pela súbita aceleração do magma no interior da Terra, provocando eletricidade estática, que causou o ‘efeito clarão’, que os loucos religiosos dizem ter sido consequência do poder de Deus, deve ter afetado o sonar destes animais. (...) Já perceberam que, após a aceleração do interior do planeta, os dias estão mais curtos?”. Podem achar estes trechos nas páginas 89 e 90.



Então, fui ler, recentemente, um artigo de Thiago Perin[1], para a Superinteressante, que não é recente, pois data de 2016, mas era recente para mim, que dizia: “Nem se anime: isso não significa que a sexta-feira vai chegar mais cedo. Quer dizer, até vai, mas você não vai notar a diferença. O pessoal da Nasa contou que, após o terremoto de magnitude 8,9 que atingiu o Japão na última sexta, 11, os dias estão um pouquinho mais curtos. Um pouquinho mesmo: 1,6 microssegundos. Eles explicam que os tremores causam leves deslocamentos da massa da Terra em direção ao centro do planeta, o que altera a velocidade da sua rotação. Mas calcule aí que cada microssegundo equivale a um milionésimo de segundo e você percebe que, na prática, não muda nada. Mesmo assim, o tempo estar passando mais rápido não é das piores notícias para começar uma segunda-feira, né?”


Eita, "guru" da peste!



Bienal de São Paulo

Notem que o texto acima é apenas uma brincadeira, uma forma descontraída para anunciar, de forma despretensiosa, que o livro estará presente na Bienal do Livro de São Paulo, no estande da editora Perse. Caso esteja na bienal, dê uma passadinha lá e compre o livro. Quem sabe você ache mais alguma premonição do "guru" Paraymun. 😉


Caso não consigam ir ao evento, podem achar o livro nos links abaixo, bastando clicar neles.

Loja da Perse (impresso sob demanda, ePub e PDF)
Amazon (Kindle)
Amazon (impresso sob demanda, direto dos EUA)




[1] Super Abril: <https://super.abril.com.br/blog/cienciamaluca/terremoto-do-japao-deixou-os-dias-mais-curtos/>