Pular para o conteúdo principal

O amor que vence!

O amor que vence,    Estações testemunham,    É fortaleza;    Abraça o amor, sempre,   Ele te defenderá.   Um clipe musical oficial feito para comemorar o encerramento da série. Achei lindo e a música é formidável! Mostra o final da série e o momento lindo em que a maldição enfim é quebrada e ambos podem se tocar pela primeira vez.  Traduzido do vídeo acima: --- Quer tocar, mas não pode ― O amor mútuo mais triste do mundo.   Finalmente, o anime de TV chega ao grandioso fim!   #TheDukeOfDeathAndHisMaid Bocchan e Alice comemoram o casamento 💍   Um vídeo de casamento que revisita a trajetória dos dois até agora foi lançado!   Você pode ouvir a versão arranjada da música tema de abertura da primeira temporada, "Full Moon and Silhouette Night ~Wedding Ver.~" em uma versão mais longa do que na série. ▼Versão completa de "Full Moon and Silhouette Night ~Wedding Ver.~"   [Link](https://lnk.to/74T9Mn6A)   Disponível a partir de 24/06 à meia-noite **Elenco:** - Bocchan: #Nat

Wind Breaker

## Crítica: Wind Breaker (Crunchyroll)

Revisão: ChatGPT 4o


Wind Breaker - Pictures - MyAnimeList.net


Wind Breaker, de Satoru Nii, é um mangá que se destaca no gênero de ação e delinquência escolar e foi convertido em um anime de 13 episódios magistralmente desenvolvido pelo estúdio CloverWorks. Com uma narrativa intensa e personagens marcantes, a série tem conquistado uma base de fãs dedicados. Quando escrevi sobre sua abertura, que indiquei como uma das melhores da temporada, eu fiz referência ao filme *Gangues de Nova York*, mas ele se aproxima mais de *The Wanderers* (1979). Veja abaixo o trailer. Aqui estou me referindo à sensação, ao feeling que a série traz com gangues rivais brigando e um grupo protetor que impede que o caos reine por completo.





 Enredo e Desenvolvimento




A trama de *Wind Breaker* centra-se em Haruka Sakura, um estudante que se muda para uma nova escola conhecida por suas gangues violentas. Haruka está agora dentro da gangue Bofurin, que tem uma reputação de proteger a comunidade contra outras gangues e delinquentes. O anime equilibra habilmente a ação com o desenvolvimento dos personagens, explorando não apenas as lutas físicas, mas também os conflitos internos e a evolução pessoal dos membros da gangue. O anime começou a esboçar os conflitos internos, pois com apenas 13 episódios não poderia fazê-lo por completo, porém, mostrou com muita eficiência o conflito do principal personagem, nosso tsundere Sakura. 


Sakura veio de um ambiente em que pessoas como ele eram marginalizadas, e ele entrou em conflito ao ver que, em seu novo ambiente, a própria comunidade o aceita como ele é. Isso marcou o início de um humor singelo, no qual vemos Sakura ficar vermelho com um simples “obrigado” e se comportar como um tsundere. Eu nunca tinha prestado atenção em um personagem masculino se comportando como um tsundere, geralmente do sexo feminino, mas a união de sua postura valente ao enfrentar desafios, com sua postura envergonhada quando é reconhecido, ficou excelente. Ótimas piadas saíram disso! Outros personagens secundários foram bem desenvolvidos, como dois membros de uma gangue rival. Um chegou ao topo e perdeu o ânimo para lutas. O outro (Jou), ao ver o amigo em uma situação que estava em conflito com o valor de sua gangue, optou por não repreender seu amigo e proteger seu valor moral. E isso coloca em choque seu próprio valor dentro da gangue. 


 Personagens


Os personagens de *Wind Breaker* são diversos e bem desenvolvidos no geral. Haruka é um protagonista convincente, cuja jornada de adaptação e crescimento é central para a narrativa. Os membros da "Wind Breaker" são igualmente interessantes, cada um com suas próprias motivações e histórias de fundo. 


Personagens como Hajime, o líder carismático e um verdadeiro “homem do campo”, e Sugishita, o braço direito forte, silencioso e leal, adicionam profundidade à história. Pode não parecer, mas quando Sakura enfrentou Sugishita, ele começou a compreender as palavras de Kotoha e a importância de Hajime. Então, mesmo o quieto Sugishita fez um bom desenvolvimento ao enredo, dando o pontapé para Sakura perceber como as coisas são de fato. A interação entre os personagens é um ponto forte do mangá, com relações que vão de rivalidades intensas a amizades profundas. O anime o fez de maneira incrível também.


 Arte e Estilo


A arte de Satoru Nii é um dos aspectos mais impressionantes de *Wind Breaker*. As cenas de luta são dinâmicas e bem coreografadas, capturando a intensidade e a brutalidade dos confrontos. O estilo de arte é detalhado e expressivo, com um uso eficaz de sombreamento e perspectiva para criar uma sensação de movimento e impacto. O anime respeitou bastante isso e mostrou técnicas muito realistas de combate, dando-me uma genuína empolgação a cada combate com cenas bem coreografadas. Mesmo o mais rápido combate, com um personagem vencendo a luta por arremessar o outro lutador ao solo e de cabeça, é visualmente impressionante. 


Os designs dos personagens são distintos e memoráveis, ajudando a diferenciá-los e a dar-lhes personalidade visual. A ambientação escolar é bem retratada, proporcionando um cenário autêntico para a ação.


 Temas e Impacto


*Wind Breaker* aborda temas como lealdade, honra e a luta pela justiça em um ambiente hostil. A gangue "Wind Breaker" atua como uma força protetora, lutando contra a opressão e o caos. O mangá também explora a ideia de redenção e a busca por um propósito maior, à medida que os personagens enfrentam seus próprios demônios e tentam fazer a diferença em seu mundo. O anime consegue trazer isso consigo. Com bastante humor, que aparece constantemente na obra, *Wind Breaker* vai tocando de maneira simples em temas como o valor de um ideal, seu propósito em um grupo, ou o que se deve proteger: seu líder ou seu ideal? 


 Estética

Estética- traduzido via Google Tradutor


Essa parte da série foi intrigante. Um personagem questiona o outro sobre sua estética e como isso se relaciona com as artes marciais. Decidi investigar, considerando a estética como um valor moral para o personagem. Por que um valor moral? O diálogo sugere que o personagem vê a estética como um valor moral para julgar e compreender o mundo.


**Definição de Estética**


A estética é um ramo da filosofia que explora a beleza, a arte e o gosto, abordando questões como:


- O que é beleza?

- Como percebemos a beleza?

- Quais critérios usamos para avaliar uma obra de arte?

- De que maneira a arte e a beleza afetam nossas emoções e pensamentos?


A conexão entre estética e moralidade pode ser destacada em três aspectos relevantes:


1. **Valores e Julgamentos**:

   - A estética, assim como a moralidade, envolve julgamentos de valor. Se a moralidade foca no certo e errado, justo e injusto, a estética se dedica ao belo, sublime e harmonioso.


2. **Experiência Humana**:

   - A moralidade e a estética são essenciais à experiência humana, influenciando como interagimos com o mundo e uns com os outros. Nossa reação à arte pode espelhar nossos valores morais e éticos.


3. **Debates Filosóficos**:

   - Filósofos como Immanuel Kant e Friedrich Schiller debateram a interação entre estética e moralidade. Kant defendia que o julgamento estético é desinteressado e autônomo, enquanto Schiller via na estética um meio para a realização moral e equilíbrio interno.


Embora duvide que o personagem tenha se aprofundado filosoficamente a ponto de ler Kant ou Schiller, já que ele não parece ser um leitor assíduo, o contexto apresentado é fascinante e revela uma conexão intrínseca com a moralidade. Portanto, ao indagar sobre a estética de seus amigos, ele busca compreender o equilíbrio interno de cada um através de sua própria perspectiva moral, tal como Schiller.


Polêmica




 No MAL, alguns usuários expressaram descontentamento com o assédio persistente de personagens às personagens femininas, um tema tão recorrente que se tornou exaustivo. Creio que o autor enfatizou demais esse aspecto, mas não ficou ruim de maneira nenhuma. Notei que há quem não compreenda o porquê. É delicado abordar isso, contudo, representa uma denúncia contra um crime infelizmente comum, e a meu ver, uma das mensagens mais poderosas da obra. Ao defender uma personagem feminina, os protagonistas transmitem a importância de tratar as mulheres com respeito e proteção. Divergindo da visão de um grupo político que confunde proteção com bullying, acredito que proteger, especialmente de um crime tão abominável, é uma forte declaração sobre interação social, respeito e gentileza. Ressaltar esses temas é sempre pertinente.


O capítulo foi muito bem escrito! A verdadeira situação interna da garota só se torna aparente durante o confronto final. Ao revisitar esses momentos, após entender o drama da garota perseguida, sua angústia se desvenda e podemos compreender plenamente sua situação. É um daqueles capítulos que, ao ser assistido duas vezes, proporciona duas impressões e entendimentos distintos sobre o mesmo assunto. Muito interessante!





 Conclusão


*Wind Breaker* é um anime envolvente e emocionante que se destaca no gênero de ação e delinquência escolar. Com uma arte impressionante, personagens que possuem tudo para serem bem desenvolvidos e uma narrativa que combina ação intensa, Satoru Nii criou uma obra que certamente ressoa com os leitores. Para aqueles que apreciam histórias de lutas e crescimento pessoal, *Wind Breaker* é uma série altamente recomendada. E a segunda temporada está confirmada!




---


### Glossário!


**Tsundere** é um termo japonês usado para descrever um processo de desenvolvimento de personagem que retrata alguém com uma personalidade inicialmente áspera, mas que gradualmente revela um lado mais caloroso e amigável com o tempo. A palavra é derivada das expressões **tsun tsun** (adverbial, significando "mal-humorado, distante, antipático") e **dere dere** (adverbial, significando "de maneira amorosa ou apaixonada"). Originalmente encontrada em jogos bishōjo japoneses, a palavra agora faz parte do fenômeno otaku moe, estendendo-se para outras mídias. O termo se popularizou na visual novel *Kimi ga Nozomu Eien*. Uma definição aceita de tsundere é alguém que tem uma atitude combativa em relação aos outros, mas também é gentil por dentro. 


Esses personagens geralmente começam com uma postura crítica em relação ao protagonista, seja masculino ou feminino, e frequentemente os criticam de alguma forma. Com o tempo, eles acabam se aproximando ou se apaixonando por eles, embora muitas vezes tenham dificuldade em admitir ou negar isso. Alguns exemplos de anime e mangá com personagens tsundere incluem *Love Hina*, *Neon Genesis Evangelion* e *Bakemonogatari*.   


1. [Wikipedia](https://en.wikipedia.org/wiki/Tsundere)

2. [MyOtakuWorld](https://myotakuworld.com/tsundere-yandere-kuudere-yangire-dandere/)

3. [WikiHow](https://www.wikihow.com/Tsundere-Meaning)



Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof