Pular para o conteúdo principal

Sengoku Youko

Revisão: ChatGPT Sengoku Youko: Yonaoshi Kyoudai-hen (Sengoku Youko) - Pictures - MyAnimeList.net Sengoku Youko: Yonaoshi Kyoudai-hen é um animê que cativa com sua mistura de ação, fantasia e drama. Vamos explorar os aspectos positivos da série: 1. História e Premissa:    - O mundo de Sengoku Youko é dividido em duas facções: humanos e monstros chamados katawara. A protagonista, Tama, é uma katawara que ama os humanos e está disposta a protegê-los do mal, mesmo que isso signifique lutar contra os de sua própria espécie.    - Seu irmão, Jinka, tem uma visão oposta e nutre ódio pelos humanos, apesar de ser um deles. Essa dinâmica entre irmãos cria tensão e profundidade na narrativa.    - Quando o grupo descobre um plano para experimentar em humanos e transformá-los em monstros, eles se unem para enfrentar essa ameaça, mesmo que isso signifique enfrentar um exército inteiro de guerreiros. Sengoku Youko é um daqueles animes que engana, pois apresenta personagens de traços fofos e uma comé

86

 

86

 

86 (86 Eighty Six) - Pictures - MyAnimeList.net

Primeira sinopse:

A República de San Magnólia vive em uma grande mentira. Com sua mídia controlada, nenhuma informação ruim e verdadeira, sobre o fronte de guerra contra o Império e seus autônomos, é repassada ao público, que não percebe o perigo que se esconde nesse monopólio de fake news. A República está perdendo a guerra e somente um grupo de páreas, que vive no subúrbio 86 é que ainda mantêm longe as forças do Império. O grupo conhecido como 86 é o grupo suicida deixado para ser executado nesse campo de batalha. Sem conhecer, de fato, todos esses dilemas, a jovem militar chamada Vladilena Milizé recebe a ordem de comandar esse esquadrão em suas últimas tentativas de manter o Império afastado dos muros de San Magnolia.

 

Produção e datas!

A série foi ao ar em dois momentos diferentes. A primeira parte, que contêm a sinopse acima, foi ao ar em 2021 (abril a junho) e contou com 11 episódios divinamente animados pelo estúdio A-1 Pictures (Sword Art Online, Shigatsu wa Kimi no Uso, Lycoris Recoil, Gate e Working). Já a segunda parte do animê (desenho japonês), com 12 episódios, foi ao ar de outubro de 2021 a março de 2022, mantendo o estúdio.

 

 

Análise

Muita coisa me chamou a atenção nessa série, principalmente pela quantidade de inspirações no livro 1984. São tantas as inspirações que eu, secretamente, (não mais hehehe), coloco a obra 86 na mesma realidade que o livro e, saliento, como se fosse continuação da obra em questão. Coisa minha! O controle da informação é um dos elementos de ambas as séries, sendo que, no animê, podemos perceber que as informações são falsas e que a calamidade irá se abater em breve. O controle populacional, o controle de mercadorias e o controle étnico, que ambas as obras apresentam, dão ao animê um sabor salgado e essencial. É, também, uma alusão a um momento horrível da história da humanidade (Segunda Grande Guerra). E isso é apenas um pano de fundo para um drama maior. O grupo 86 é um grupo que sabe que está sendo usado como sacrifício e eles não se importam com isso. É um grupo que é desprezado pela sua origem de nascimento, ou causa de banimento.

 

A vida deles é essencialmente combate, até que eles venham a perecer. E não se enganem, nessa primeira parte da obra a morte é uma companheira fiel do esquadrão, quase não poupando seus integrantes. O capitão que os comanda é chamado de Ceifador e possui um drama particular, mas que não devo entrar em muitos detalhes, mas, acreditem, ele está sempre com a corda no pescoço. Ele tem como missão moral, ao menos, o resgate das medalhas de seus companheiros caídos, para prestar-lhes as últimas homenagens, após suas mortes.

 

Nesse contexto, a coronel Milizé é designada para os ajudar em combate. Ela é uma jovem muito determinada e deseja interagir com o grupo que, no começo, a rejeita. Ela é até chamada de porca albina em segredo, pelos integrantes do 86. Sua única âncora com o grupo é o Ceifador. Diferente dos outros cidadãos de San Magnólia, a coronel é grata a eles pelo empenho em combate e os ajuda de coração. Assim, com um pouco de calma, ela vai conseguindo ser aceita pelos 86 e consegue conquistar alguns de seus integrantes. Ela faz de tudo por eles, inclusive, ordenar armamentos que costumeiramente não seriam liberados a eles. Ela também tem um lado moral forte, pois, assim como o Ceifador, ela possui um jeitinho especial só dela para homenagear os mortos do esquadrão. Um detalhe importante, Milizé e o 86, nessa parte da série, não se vêem pessoalmente, pois sua interação se dá por tecnologia de transmissão de voz e pensamento. Existe uma exceção, mas não vou entrar em detalhes.

 

Esses elementos de interação, de construção de realidade e de possibilidade de tocar em nosso próprio mundo, reforçaram o enredo dessa série baseada em uma light novel. Com todos esses fatores usados de forma positiva, e de maneira poderosa pelo enredo, fizeram com que eu adorasse cada segundo dela e torcesse cada minuto por eles. Sendo uma das séries que eu recomendo atualmente.

 

 SPOILERS FORTES

86 Part 2 (86 Eighty-Six Part 2) - Pictures - MyAnimeList.net

Se me permitirem certos spoilers fortes, afinal, já faz mais de um ano de seu término, escrevi acima “primeira sinopse”, pois existe outra. A segunda parte do animê, que foi ao ar de 2021 a março de 2022, tem uma reviravolta gigantesca. Milizé é rebaixada a tenente, após usar de sua autoridade para ajudar o grupo 86, que consegue escapar de seu destino, deixando a tenente sozinha. Ela, por sua vez, assiste à queda de sua República (o Grande Irmão fora derrotado) e o esquadrão 86 ruma para outra região, onde encontra uma Federação que os acolhe e muitos segredos são revelados. A luta contra as legiões do Império continua e tais legiões continuam  a destruir qualquer nação que encontre, chegando a vez da Federação estar embaixo dos holofotes.

 

Nesse momento da série, o grupo 86 se sente um pouco deslocado. Diferente da República que os tratava como marginais, a Federação os trata como pessoas com direitos e deveres. A diferença moral entre as nações é gritante e você começa a torcer pelo grupo. Eu me senti tão envolvido no drama étnico do grupo que quando comecei a perceber que a Federação os trataria como humanos, eu comecei a torcer pela Federação e, pela primeira vez, pela felicidade do grupo e pela chance de reencontro com a tenente Milizé. Aqui a série começa a apresentar um gosto mais doce.

 

FIM dos SPOILERS FORTES

 

Conclusão

 

Então, a série me prendeu pelo drama humano muito presente, pela relação com perdas, sofrimentos e quedas. Pelo ambiente de destruição e lamúria que não retirou, de certos personagens, o seu conteúdo ético e moral. Deixou em mim a certeza de que, assim como existe a corrupção que tudo suja, também existe esse escudo moral que impede que a corrupção se faça presente nos corações. Essa lição de ética em um mundo tão devastado pela dor, sofrimento e morte, foi o que eu mais achei louvável na série. E, por esses inúmeros fatores, recomendo a série em suas duas partes! Cada parte com seu gostinho diferente. É uma série triplo A!     

Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof