Pular para o conteúdo principal

Outro Papos indica Little V Mills

 O belo também é harmonia musical, então, indicar o canal de um metaleiro que não somente faz covers de anime songs (anisongs) como também as adapta para o metal, é indicar o belo. Pode parecer estranho, mas o metal possui beleza, principalmente se o trabalho for rigoroso como o dele. Ele adapta para o heavy metal, ele canta e ainda canta em japonês. E a  beleza no heavy metal é multifacetada, indo desde o visual rebelde até a exuberância teatral, sempre refletindo a diversidade e a criatividade desse gênero musical.

Isekai Yakkyoku

 

Isekai Yakkyoku

 

https://myanimelist.net/anime/49438/Isekai_Yakkyoku/pics

 

 

Estúdio: Diomedéa

Total: 12 episódios que foram ao ar de 10 de julho a 25 de setembro de 2022. Corresponde à temporada de Verão do Japão.

Gênero: Fantasia e Isekai sendo baseado em uma light novel.

Diretor: Keizou Kusakawa.

Devido a descoberta da minha doença (imunodeficiência comum variável) no início da pandemia de Covid, eu parei todas as minhas atividades para me tratar, pois não sabia como meu sistema imunológico iria se comportar com um vírus novo de uma cepa tão agressiva como foi a da primeira onda de Covid, então, eu parei com tudo. Eu perdi muitas chances de indicar boas séries e estou correndo atrás do prejuízo. Essa é uma série que eu vi. Ela teve seus altos e baixos, mas conseguiu entregar um material concreto e profundo em sua essência.

 


Sinopse:

 

Quando pequeno, Kanji Yakutani (protagonista) perdeu sua amada irmã menor para uma doença (tumor). Amargurado com a perda, ele dedicou toda a sua vida à pesquisa biomédica e se tornou um grande e renomado cientista. Por tanto trabalhar sem descanso, Kanji acaba também morrendo por excesso de trabalho ao tentar terminar seu mais recente estudo. Algo trágico, pois a morte por excesso de trabalho (karoshi) é um evento que ocorre com certa frequência no Japão. Ao acordar, Kanji se vê na pele de um garoto de dez anos chamado Falma de Médicis, que possui aptidão para as artes da cura e parece ter sido abençoado pelo “deus das Drogas”. Aqui abro um parêntese. A tradução oferecida pelo Crunchyroll não está errada, mas acredito que o termo mais adequado deveria ser “deus dos Medicamentos”, pois drogas pode suscitar interpretações diversas até por conta de medicamentos ilícitos. Voltando para a sinopse, Falma, então, inicia sua jornada em uma terra em que a medicina está fortemente aliada ao místico e ele possui dons que o fazem ser uma espécie de sacerdote e médico ao mesmo tempo. Como suas novas habilidades e seu conhecimento prévio, Falma irá liderar uma revolução médica em sua nação.

 

A evolução do personagem.

 

Falma é um personagem complexo, que já foi apresentado como alguém sofrido pela perda de uma irmã, para algo horrendo como um tumor. Alguém que fez dessa dor o seu motivo de vida, pois tornou-se pesquisador biomédico para evitar que outros perdessem seus entes queridos para algo tão horrível como essa doença é. E sua morte trágica, karoshi, mostra o quanto ele se esforçou para tentar debilitar e vencer esse oponente. Ao ser “acordado” para uma nova realidade, agora como um jovem nobre com aptidão para a cura e para a magia, ele faz tudo ao seu alcance para ajudar as pessoas próximas a ele e continuar seus estudos em medicina, tendo seu pai como mentor e aliado. Apesar de parecer já estar pronto, vemos que ele cresce durante a série, desenvolvendo suas artes místicas com sua mestra Eléonore e seus estudos médicos com seu pai. E o jovem Falma é misericordioso. Mesmo sendo ainda um garoto, ele não aguenta ver o sofrimento da rainha e de seu filho pequeno. Desacreditada pela medicina atual (um tanto rústica e medieval, apesar da presença de atributos mágicos), ele se oferece para tratá-la. Isso para mim é o que significa ser um herói. Ver o sofrimento e não ficar parado é uma atitude heroica.

 

 

O carma o persegue, mas o liberta.

 

O enredo é curioso em um aspecto. O isekai frequentemente é mostrado com um personagem convocado para outro mundo. Esse é um pouco diferente. Ao treinar magia, Falma é atingido por um raio e fica com uma marca da benção divina do deus dos Remédios em seu corpo e, nesse momento, ele lembra de sua vida passada e tem sua personalidade mesclada entre o seu “eu do passado” e o seu “eu presente”.  Em um dos momentos mais marcantes da história, ao conversar com a rainha, ela consegue vislumbrar, através de uma luz, os dois Falmas habitando o mesmo corpo, isto é, o jovem médico e o outrora pesquisador.

 

O carma é uma consequência inevitável de um conjunto de ações que tomamos em vida e que irão refletir em nosso futuro, quer seja ainda encarnado, quer seja já desencarnado. Assim acreditam os espíritas e eu uso esse termo aqui, pois ele cabe direitinho na história. Ao passar anos se dedicando ao combate de doenças, pela dor e sofrimento da perda da irmã, o carma do Kanji (pesquisador) influencia fortemente o Falma nessa vida, fazendo-o ter novamente uma irmã, a doce Blanche. A recompensa foi mais longe, pois, perdoem-me o spoiler, ela adoece e a doença angustia fortemente o jovem Falma, mas, dessa vez, ele se tornou apto a salvar a vida da pequena irmã.  Podemos considerar que o sofrimento e o esforço dedicados ao combate desse sofrimento, foram peças essenciais para mudar o carma do jovem e fazê-lo conseguir salvar sua irmã atual.  A corrente cármica de boas ações influenciaram-no de maneira positiva.

 

As doenças e o sinal.

 

Outro ponto positivo na história é saber mais sobre a medicina medieval, que é bem retratada no enredo e é a base da medicina na história e como, por exemplo, até a maquiagem antigamente poderia matar por ter metais pesados em sua composição. Apesar desse aspecto medieval, a medicina também é tratada como algo místico, pois Falma consegue manipular as moléculas de substâncias para, dessa forma, criar remédios avançados para curar e tratar doenças. Com a bênção do deus, ele consegue visualizar as doenças, o método mais eficaz de tratar e as moléculas para formar os remédios. 

 

https://myanimelist.net/anime/49438/Isekai_Yakkyoku/pics

 

Com sua experiência com a medicina moderna, Falma lida com as doenças de maneira revolucionária para a sociedade e nós vemos, em um episódio (Peste Negra), uma relação com os tempos de pandemia, pois o autor decidiu lidar com a peste exatamente como alguns países lidaram com a Covid. Ao ver os sinais da doença em uma cidade, Falma separou a cidade em trechos definidos: um para quem não apresentava sintomas e podia transitar livremente, um para quem teve contato com a doença, mas ainda não tinha apresentado sintomas e o último trecho para os internados que deveriam ficar isolados. Cada um com uma liberdade definida de movimentação de acordo com sua situação.  Foi incrível ver isso retratado nessa animação de maneira tão eficiente. O ponto negativo é como a obra retratou os comerciantes, pois eles foram tratados como visando apenas o lucro e sabemos que sem o comércio não existiria a indústria, nem bens e as pessoas não teriam empregos e nem comida na mesa. Achei injusto o autor não ter apresentado a situação de forma mais benéfica para quem estava apenas querendo colocar comida na mesa dos filhos. Foi um dos pontos graves e negativos da história. Uma insensibilidade do autor.

 

Conclusão.

 

Ao me ver sem muitas imunoglobulinas (IgM, IgG e IgA) e com defeito de subclasses no IgG, eu me vi em uma situação de morte com a Covid e achei nessa obra um desabafo e uma âncora para me manter firme no curso. Ao lançarem essa obra em tempos tão difíceis, eles também lançaram um certo conforto para mim nessa situação e eu me vi muito interessado nessa obra. Percebi seus pontos positivos e negativos, a profundidade dos personagens, como, por exemplo o pai do Falma, que pouco escrevi sobre ele, a precisão do roteiro com doenças e a ação do carma para salvar. Foi uma obra inesquecível que eu gostaria e estou recomendando. Se acharam interessante, deem uma chance.   

 

 

 

 

Postagens mais visitadas deste blog

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Outros Papos indica: Japanese Noodles Udon Soba Kyoto Hyogo

 Saboreiem! Um canal dedicado à culinária japonesa! Se gostarem, se inscrevam lá!

Traduções ideológicas

Hoje, no blog, não farei recomendações, mas sim uma sugestão. Há uma controvérsia em torno de alterações indesejadas em traduções e legendas de obras japonesas. Se os próprios japoneses começassem a traduzir e legendar seus animes para o Ocidente, essas distorções poderiam ser evitadas. Pergunto-me por que, até agora, os japoneses ainda não optaram por legendarem eles mesmos e disponibilizarem à venda discos com suas obras legendadas em outros idiomas. Isso certamente eliminaria o ruído ideológico e, sem dúvida, eu seria um dos consumidores da mídia física lançada por eles, com legendas "feitas em casa". Na administração, aprendemos que devemos apresentar não apenas os problemas, mas também as soluções. Portanto, considero essa a solução para o problema das alterações ideológicas em obras orientais.