Pular para o conteúdo principal

Sengoku Youko

Revisão: ChatGPT Sengoku Youko: Yonaoshi Kyoudai-hen (Sengoku Youko) - Pictures - MyAnimeList.net Sengoku Youko: Yonaoshi Kyoudai-hen é um animê que cativa com sua mistura de ação, fantasia e drama. Vamos explorar os aspectos positivos da série: 1. História e Premissa:    - O mundo de Sengoku Youko é dividido em duas facções: humanos e monstros chamados katawara. A protagonista, Tama, é uma katawara que ama os humanos e está disposta a protegê-los do mal, mesmo que isso signifique lutar contra os de sua própria espécie.    - Seu irmão, Jinka, tem uma visão oposta e nutre ódio pelos humanos, apesar de ser um deles. Essa dinâmica entre irmãos cria tensão e profundidade na narrativa.    - Quando o grupo descobre um plano para experimentar em humanos e transformá-los em monstros, eles se unem para enfrentar essa ameaça, mesmo que isso signifique enfrentar um exército inteiro de guerreiros. Sengoku Youko é um daqueles animes que engana, pois apresenta personagens de traços fofos e uma comé

Marriott Guarulhos!

Marriott Guarulhos

Anualmente, vou a são Paulo para uma consulta médica de rotina. Geralmente, eu vou e volto no mesmo dia, mas, por causa de um problema que achei que iria me incomodar durante o voo, eu decidi realizar uma viagem de três dias (duas noites). Optei por este hotel, pois ele possuía transfer (aeroporto-hotel-aeroporto), ficando a apenas 10 minutos de distância do mesmo. Usei o serviço do Decolar e parcelei minhas diárias.




Equipe e Room Service

Eu fico impressionado com os hotéis em São Paulo, pois eles tendem a ter melhores serviços que os hotéis de outras regiões. Este não foi diferente. Classificado como 4 estrelas, Marriott Guarulhos poderia muito bem ser um cinco estrelas. A começar pela cordialidade prestada pela equipe do hotel, todos se esforçam bastante para dar, ao hóspede, um retorno sempre positivo de seus pedidos. Alguns aspectos me chamaram a atenção na equipe: serenidade no falar, sorriso imediato, olhos atentos, respeito no dirigir e vontade em atender.



O sistema de room service foi impecável. Ao realizar a chamada, fui prontamente atendido com cordialidade e tempestividade. Havia no cardápio uma chamada dizendo que o hotel tem, como objetivo, o atendimento de todas as necessidades de alimentação em, no máximo, 30 minutos. Eu contei o tempo. Fiz dois pedidos, para dois jantares, e, em ambos os pedidos, a entrega foi realizada em menos de 30 minutos.



Os pratos foram servidos com abundância e explico o pensamento. Ao me hospedar no Hilton, eu pedi uma canja de galinha para minha janta, mas a porção servida era muito pequena para satisfazer como prato principal. No Marriott, ao notar que as sopas eram entradas, acreditei que teriam um tamanho idêntico. Erro meu. As sopas poderiam servir, unicamente elas, como prato principal de um jantar.



Café da manhã excelente!


No geral, a alimentação servida no quarto é muito boa, com boa quantidade e saborosa. A apresentação dos pratos pode ser simples, mas é eficiente. E o que importa realmente é saciar a vontade e nisso o serviço é muito eficiente.



Quarto, Estrutura e Limpeza



O quarto é bem espaçoso. Fiquei com vista lateral para a piscina e entrada do hotel. Uma vista muito bela, pois ela elimina a sensação de claustrofobia que cidades, como São Paulo, podem ocasionar pela proximidade dos prédios uns com os outros. Aqui a vista é horizontal, com prédios distantes. O quarto estava muito bem cuidado e reformado. A mobília nova é funcional, isto é, não adianta de nada a cadeira ser bonita, se suas costas arderem em chamas ao se sentar nela, por isso, ela precisa exercer a função primordial de uma cadeira, que é ajudar a descansar o corpo. Nesse sentido, a mobília é funcional, pois obedece ao conceito para o qual ela foi criada. Em outros termos, a mobília é bonita e eficiente em seu propósito de nos ajudar a descansar. Acreditem, alguns hotéis possuem mobília que não serve ao descanso do hóspede, o que não é o caso deste quarto.   




Além disso, as amenidades no banheiro são boas também.





A estrutura externa do hotel me lembrou a estrutura de hotéis de praia, isto é, hotéis informais que permitem que o cliente relaxe. Isso é importante. Vejam na foto, que a área da piscina possui um caminho de água, bem como a piscina possui uma pequena queda de água. A presença de água, o movimento de água, e o som da água são facilitadores do relaxamento. Sentar à beira da piscina, fechar os olhos e apenas ouvir o barulho da água já relaxa muito.



O hotel também possui academia bem equipada, uma loja de conveniência com produtos diversos, um pequeno bussines center e um salão de beleza. A arquitetura e a decoração são finas, promovendo no cliente uma imersão em um ambiente clássico, refinado e sóbrio. O saguão principal é calmo, repleto de mesas do bar e com muitos empresários negociando. O que me deixou bem tranquilo, pois senti-me em um ambiente seguro. É uma associação mental estranha, mas é assim que eu me sinto desde que cursei Administração na AEUDF em 1996.



Pontos Falhos

Como nem tudo são flores, peguei alguns erros. O primeiro foi quanto ao transfer. Precisei embarcar minha mãe e retornar ao hotel. Em Guarulhos, tentei pegar o transfer de volta ao Marriott. O primeiro ônibus não parou e o motorista gesticulou que estava cheio, apesar de estar vazio. Eu não entendi o que possa ter acontecido. Esperei mais meia hora pelo próximo transfer. Ao chegar, eu embarquei, para ser desembarcado (rs).  Com um pouco de nervosismo, o motorista me explicou que aquele era para os funcionários e que eu deveria seguir no que estava à frente. Desembarquei e corri para não perder o transfer, ou teria que esperar mais meia hora, ou pegar um Uber. O transfer dos funcionários é igual ao dos hóspede, por isso, me confundi.   

Outro ponto é referente ao saguão de espera para os elevadores. No andar do meu quarto, o saguão pareceu-me muito abafado, demonstrando pouca circulação de ar por ali.

Fora estes problemas, tudo correu muito bem.


Nota: 10!

Av. Ministro Evandro Lins e Silva, 10/100,  Guarulhos  São Paulo  07190-017  Brasil 

Postagens mais visitadas deste blog

Ghost in the Shell

Máquinas vivas; Um fantasma surge; O homem virtual. Ghost in the Shell está mais próximo do que pensamos! 

Boushoku no Berserk

Berserk of Gluttony: Uma Série Que É Meu "Pecado"! Boushoku no Berserk (Berserk of Gluttony) - Pictures - MyAnimeList.net Fate é um jovem que acreditava ter uma habilidade inútil chamada "Gula", que o mantinha constantemente faminto. Ele era um vassalo em uma casa de cavaleiros sagrados, onde era tratado com desdém, nutrindo uma paixão secreta pela cavaleira Roxy Hart. Ela destaca-se como a única guerreira nobre em um mundo dominado por cavaleiros que abusam de seu poder para oprimir o povo. Quando Fate acidentalmente mata um ladrão enquanto ajuda Roxy, ele descobre que sua habilidade de "Gula" vai além do que parecia. Esse evento o faz perceber os aspectos positivos e negativos de seu "pecado". Comprometido a proteger Roxy, ele decide usar seu poder em prol da casa daquela que sempre o tratou com humanidade e respeito. Baseada em uma novel escrita por Ichika Isshiki , com arte de fame , "Berserk of Gluttony" é serializada desde 2017,

Ciclos de revolução: A Quarta Revolução!

Ciclos de Revolução: A Quarta Revolução Revisão: ChatGPT Estamos vivenciando a quarta revolução industrial/tecnológica, e muito tem sido discutido sobre os potenciais danos que esta revolução pode causar ao tecido social, incluindo desemprego e outras adversidades. Procuro refletir sobre o futuro com base no passado, observando no presente os mesmos receios que nossos antepassados enfrentaram nas três revoluções industriais anteriores. Começo com uma conversa que tive com uma taxista, para então discorrer sobre algumas das revoluções passadas. Durante uma parada em uma lanchonete que estava instalando terminais de autoatendimento no último ano, tive uma conversa: “Taxista: --- Estão instalando essas máquinas para substituir trabalho humano. Muitos caixas estão perdendo seus empregos. Isso é o capitalismo! Eu: --- Por outro lado, a tecnologia, ao eliminar um posto de trabalho (caixa de atendimento), cria outras necessidades. A lanchonete precisará de profissionais para manutenção de sof