Pular para o conteúdo principal

Dvds para colecionadores- Oh My Goddess!


Oh My Goddess- Volume 1 ao 6


    Como colecionador fanático de dvds, eu sempre me pergunto aonde vamos parar com a crescente evolução das streamings tvs e da pirataria? Matéria do Crunchyroll nos indica que a crescente onda de compras pela internet está acabando com as grandes redes de mercado, como a Best Buy, que fechou diversas lojas físicas de sua rede. Segundo o artigo, a diminuição das lojas físicas, da Best Buy, pode promover uma maior procura pelos serviços de streaming tv, tal qual o Crunchyroll o é. Também fui conhecedor de uma pesquisa de vendas de dvds no Brasil, que indicou a diminuição das vendas em um nível nocivo para a indústria.


    Apesar deste parágrafo totalmente sombrio, creio que a indústria de vendas de dvds se concentrará na venda de produtos para colecionador e a um preço acessível. Pequenas empresas estão entrando nesse mercado. Apesar de desconhecer se a AnimeWorks ainda produz, ou se ela não mais produz, eu conheci um trabalho interessante da empresa. Oh My Goddess, com um box do volume 1 ao 6, que garante toda a primeira temporada da animação, me chegou ontem. Fiquei feliz com o trabalho realizado, que exponho à seguir:





    A capa é plastificada com uma imagem belíssima da deusa Belldandy, com destaque para a imagem e um título colocado no centro dando equilíbrio à imagem total. A sensação visual que a capa, como um todo, transmite é de serenidade. As cores predominantes são o azul e o branco e nos causam uma sensação de alegria e tranquilidade. É difícil não ficar contemplando a capa por um bom tempo.





    A capa final a nos traz, novamente, o predomínio do azul e do branco e possui um equilíbrio visual interessante, pois todas as imagens estão do lado esquerdo, enquanto que a explicação da série está no campo direito em um bloco conjunto. Um bom trabalho de equilíbrio de imagem e texto, pois a capa final, a meu ver, não possui um lado mais pesado, visualmente, que o outro. É uma sensação de equilíbrio muito interessante. Também não achei que a contracapa tenha ficado poluída com todas as informações e imagens, porque tudo ficou no seu devido lugar.





    Os dvds estão colocados de maneira a se ajustarem um ao outro. Todos os seis dvds estão com belíssimas imagens, de todos os personagens principais da série, e são um encanto. As cores do logotipo dos dvds variam, então, não fica tediosa a escolha dos dvds para se assistir.  Só achei engraçado que o furo central do primeiro dvd está tão perto de uma parte íntima da personagem Belldandy que eu tive que rir ao ter que inserir o dedo lá para colocar o dvd no player. **Desculpa Belldandy** ^___^”





    Sobre o conteúdo, assisti ao primeiro dvd apenas, afinal, chegou ontem, minha gente, mas não fiquei desapontado, pois em um único dvd pude assistir a todos os 5 primeiros episódios, trailers, e entrevistas com os dubladores japoneses da série e isso me deu a certeza de que a capacidade de cada dvd foi usada quase ao máximo. O som é que foi regular, pois tanto o som em japonês, como o som em inglês, foram realizados em 2.0 cada.



    A série é genial. Estava com saudades de assistir animações do estúdio AIC, que realizou Tenchi Muyo, El Hazard, BBG Crisis Tokyo 2040, Blue Seed entre tantas outras séries que embalaram minhas noites pós-faculdade, ao assisti-las no extinto canal Locomotion. As animações são sempre belas e, perdoem-me se houve alguma animação em 3-D, mas eu não as notei, fiquei com os olhos pregados na lindíssima animação 2-D e somente para ela. Claro que essa última frase foi irônica, para enfatizar meu apreço pela animação 2-D.






    Comprei esta maravilhosa coleção pela Livraria Cultura e ao preço de R$169,90 mas o preço acabou de subir para R$194,90. Não considerei caro comprar a menos de 170 reais, pelo trabalho artístico que pude perceber, e apreciei cada detalhe deste dvd. Se a indústria de dvds desejar sobreviver ao mercado ditado pela internet, pirataria e streamings tvs, deverá sempre produzir material com esta qualidade (ou superior) e a um preço acessível para quem quiser colecionar, assim como eu.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diego Rox e o Jardim das Borboletas

Diego Rox e o Jardim das Borboletas
Como sabem, sou inscrito do canal do Nando Moura, ou seja, sou um dos “bots” do canal. Sobre este assunto, está até engraçado. Vou escrever sobre isto antes de entrar no assunto. Os adversários que temem a verdade nos ofendem com termos que não condizem com nosso real comportamento. Ficou engraçado, porque, se juntarmos todas as ofensas em uma frase, eu acabo virando um “robô, com recurso de bot, nazista e fascista, que não gosta de odores fortes”, por isso, está engraçado ver esta situação. Fui reduzido a um robô Windows 10, que não gosta de pum.
Ao assunto. Através do vídeo do Nando, sobre o uso de bots, eu acabei conhecendo o canal do Diego Rox. Veja um vídeo abaixo. Ele parece ter uma agenda parecida com a do Nando Moura, isto é, ele é cristão, pois acredita em Deus e em Cristo, prega ação contra a corrupção, homenageia os verdadeiros heróis anônimos, é caridoso e defende a liberdade. Uma agenda que também me aproxima dele, por isso, hoje, esto…

Cavaleira ou Amazona? Veja a resposta!

Amazona ou Cavaleira?
    Em meu tempo de colégio, nas décadas de 80 e 90, nos foi ensinado que o feminino de cavaleiro seria amazona. Em uma prova, um colega marcou o feminino de cavaleiro sendo cavaleira e foi repreendido. Desta forma, fixei amazona como o feminino correto para o termo em questão, ou seja, mulher que anda a cavalo. Ao assistir Walkure Romanze, eu me deparei com a palavra cavaleira e me questionei. Inclusive, alertei-os para a forma que eu julgava correta, mas sem retorno positivo. Deste modo, fui pesquisar para ver se a expressão estaria correta.


    Nestas pesquisas, encontrei um professor que prontamente me respondeu a esta questão. O caso estava solucionado com uma bela lição que, agora, repasso a vocês. Com a palavra o professor Ari Riboldi.
    No meu tempo de estudante, no ensino primário e no ginásio, também se aprendia assim: cavaleiro (masc.), amazona (fem); cavalheiro (masc.), dama (fem.). No entanto, os dicionários registram o termo 'cavaleira' …

Será o Veredito?!

Canal Será o Veredito?!
Foi a primeira recomendação do Youtube que gostei de ter recebido. Sobre o canal: “O Direito tá na mídia! O Direito tá na moda! Um juiz de direito se torna celebridade nacional. Tribunais transmitem suas sessões ao vivo pela televisão. Os meios de comunicação não se cansam de veicular notícias jurídicas. Mas, o mundo jurídico possui formalidades que dificultam a compreensão dos seus temas pelo cidadão que não tem formação no direito. Muito se fala; pouco se explica. Por isso surgiu o "Será o Veredito!?". Um canal que traz informações sobre o direito com uma linguagem simples, clara e objetiva.”



O primeiro vídeo que vi desse canal foi uma resposta ao Bugalho. Uma resposta baseada em livros, mostrando a fonte de seu conhecimento e minando, com ótimos argumentos, a posição de seu opositor. Todos os vídeos que assisti foram assim, com a fonte de leitura em mãos. Ele já se disse de centro-direita, o que o faz ser um aliado natural da liberdade e da proprie…