Pular para o conteúdo principal

Minecraft Live!

Minecraft Live



Provavelmente, um dos jogos mais conhecidos da Microsoft seja o Minecraft. Claro, para evitar controvérsias, além dele, a caixinha tem Halo, Gears, Forza, Cuphead, e, somente na E3 de 2017, a Microsoft anunciou 42 novos jogos, sendo 22 exclusivos (clique). Porém, o Minecraft está na minha lista de favoritos. Eu o jogo desde a versão de Xbox 360. O que mais me atrai no jogo é a capacidade de criação e não somente a grande quantidade de conquistas que ele possui. Um mundo no qual podemos criar tudo o que imaginarmos! E isso, para mim, é belo!



Recentemente, eu tenho testado a versão Live que recebi. Nesta versão, o jogador não está sozinho. Nós jogamos em uma multiplataforma que liga Windows 10, Xbox One, mobile devices, realidade virtual e, em breve, teremos amigos da Nintendo (Nintendo Switch) jogando conosco. E essa preocupação do Phil Spencer com a comunidade gamer tem me deixado orgulhoso de ter adotado o Xbox como meu console preferido. Aqui, nós pensamos na comunidade e tentamos interagir com todos.

Voltando a comentar sobre o Minecraft Live, ele também disponibiliza a possibilidade de salvarmos nossos mundos antigos na versão Live, entretanto, eu decidi iniciar com um novo jogo. Futuramente, vou salvar todos os meus mundos nesta versão.


Gráficos e Melhorias

Sobre os gráficos, apesar do pacote de melhoria das texturas não ter sido liberado, eu já notei uma melhora na qualidade gráfica. Quando o pacote estiver disponível, eu acredito que vá ficar maravilhoso. A dinâmica do jogo permanece inalterada. O que você fazia no Xbox 360 permanece sendo igual ao que se faz hoje, porém, você agora pode criar um Realm para você e isso é uma grande melhoria. Infelizmente, é necessário um pagamento mensal para manter esta opção. 

Como a plataforma está recebendo ajustes constantes, em alguns momentos o jogo pode apresentar uma lentidão. Já aconteceu comigo de ter conseguido uma conquista e ela demorar bastante para aparecer na tela. Entretanto, isso não me tirou um divertimento constante e eu já passei horas jogando, garimpando, construindo e inventando coisas.

E o grande forte do jogo é este que já mencionei: a capacidade de criação e o estímulo à invenção que faz com que os jogadores exercitem coordenação, imaginação e muitas capacidades cognitivas. Eu amo criar e Minecraft é isso!

Se você nunca jogou, venha conhecer.

Microsoft descreve o jogo: "Minecraft is a game about placing blocks and going on adventures. Build anything you can imagine with unlimited resources in Creative mode, or go on grand expeditions in Survival, journeying across mysterious lands and into the depths of your own infinite worlds. Will you hide from monsters or craft tools, armor and weapons to fight back? No need to go alone! Share the adventure with friends in split-screen multiplayer and online."

-----


Gamertag: Paray BR que nunca se importou em entrar no Portal do Fim, por isso, nunca teve as conquistas relacionadas a isso. Para mim, Minecraft é mais construção que conquistas, mas eu entendo quem joga pelas conquistas! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diego Rox e o Jardim das Borboletas

Diego Rox e o Jardim das Borboletas
Como sabem, sou inscrito do canal do Nando Moura, ou seja, sou um dos “bots” do canal. Sobre este assunto, está até engraçado. Vou escrever sobre isto antes de entrar no assunto. Os adversários que temem a verdade nos ofendem com termos que não condizem com nosso real comportamento. Ficou engraçado, porque, se juntarmos todas as ofensas em uma frase, eu acabo virando um “robô, com recurso de bot, nazista e fascista, que não gosta de odores fortes”, por isso, está engraçado ver esta situação. Fui reduzido a um robô Windows 10, que não gosta de pum.
Ao assunto. Através do vídeo do Nando, sobre o uso de bots, eu acabei conhecendo o canal do Diego Rox. Veja um vídeo abaixo. Ele parece ter uma agenda parecida com a do Nando Moura, isto é, ele é cristão, pois acredita em Deus e em Cristo, prega ação contra a corrupção, homenageia os verdadeiros heróis anônimos, é caridoso e defende a liberdade. Uma agenda que também me aproxima dele, por isso, hoje, esto…

Cavaleira ou Amazona? Veja a resposta!

Amazona ou Cavaleira?
    Em meu tempo de colégio, nas décadas de 80 e 90, nos foi ensinado que o feminino de cavaleiro seria amazona. Em uma prova, um colega marcou o feminino de cavaleiro sendo cavaleira e foi repreendido. Desta forma, fixei amazona como o feminino correto para o termo em questão, ou seja, mulher que anda a cavalo. Ao assistir Walkure Romanze, eu me deparei com a palavra cavaleira e me questionei. Inclusive, alertei-os para a forma que eu julgava correta, mas sem retorno positivo. Deste modo, fui pesquisar para ver se a expressão estaria correta.


    Nestas pesquisas, encontrei um professor que prontamente me respondeu a esta questão. O caso estava solucionado com uma bela lição que, agora, repasso a vocês. Com a palavra o professor Ari Riboldi.
    No meu tempo de estudante, no ensino primário e no ginásio, também se aprendia assim: cavaleiro (masc.), amazona (fem); cavalheiro (masc.), dama (fem.). No entanto, os dicionários registram o termo 'cavaleira' …

Será o Veredito?!

Canal Será o Veredito?!
Foi a primeira recomendação do Youtube que gostei de ter recebido. Sobre o canal: “O Direito tá na mídia! O Direito tá na moda! Um juiz de direito se torna celebridade nacional. Tribunais transmitem suas sessões ao vivo pela televisão. Os meios de comunicação não se cansam de veicular notícias jurídicas. Mas, o mundo jurídico possui formalidades que dificultam a compreensão dos seus temas pelo cidadão que não tem formação no direito. Muito se fala; pouco se explica. Por isso surgiu o "Será o Veredito!?". Um canal que traz informações sobre o direito com uma linguagem simples, clara e objetiva.”



O primeiro vídeo que vi desse canal foi uma resposta ao Bugalho. Uma resposta baseada em livros, mostrando a fonte de seu conhecimento e minando, com ótimos argumentos, a posição de seu opositor. Todos os vídeos que assisti foram assim, com a fonte de leitura em mãos. Ele já se disse de centro-direita, o que o faz ser um aliado natural da liberdade e da proprie…