quarta-feira, 28 de março de 2018

Habeas Ovus, Lula Inelegível e Que tiro foi esse?


Lula Inelegível


A mão corrupta
Mata o inocente.
Habeas Ovus!



Um haicai (5-7-5) cômico, pois estou contente com o nosso TRF-4. No dia de 27/03/2018, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região rejeitou por unanimidade os embargos do ex-presidente Lula. Não existem mais recursos que o ex-presidente possa utilizar para modificar a sentença, então, o transitado em julgado é mera formalidade. O Antagonista[1] ouviu o procurador eleitoral Luiz Carlos dos Santos Gonçalves, que explicou direitinho porque o réu está inelegível:

“Lula já está inelegível. Ele e qualquer pessoa condenada em segunda instância. O espaço de dúvida reside no fato de que essa decisão do TRF-4 gera a inelegibilidade, mas não a declara. E quando vai ser declarada essa inelegibilidade? Quando Lula solicitar ao Tribunal Superior Eleitoral o registro de candidato a presidente da República, em 15 de agosto, que é a data limite. Ele fará o pedido, mas o tribunal não concederá o registro.”

Segundo ele, vejam na matéria, nem mesmo o STF pode ajudar Lula, pois o TSE é a última instância neste caso. Infelizmente, o TSE é aquele tribunal que inocenta por excesso de provas (julgamento da chapa PT-PMDB) e que tem, entre seus juízes, ministros do STF. Tudo pode acontecer nesta bananada toda! E o STF ainda pode querer rever, além da prisão em segunda instância, a Lei da Ficha Limpa. Eu espero qualquer coisa de um tribunal tão vermelho quanto o sangue que o comunismo já derramou pelo mundo.

Por enquanto, vamos comemorando a verdadeira justiça que está sendo feita pelo pessoal do nosso Sul e vamos pressionando o STF para que os ministros cumpram seu próprio ordenamento jurídico e acabem com esta farsa do habeas ovus, ops, habeas corpus do Lula.





Habeas Corpus no STF

Em entrevista para o Correio Braziliense[2], o desembargador Antônio Souza Prudente cita mais um ponto que faz com que o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula, no STF, seja visto como, no mínimo, irregular. Ele afirmou: "A rigor, juridicamente, não caberia habeas corpus contra decisão colegiada, como também não cabe mandado de segurança contra a decisão colegiada. Há inclusive súmula do Supremo Tribunal Federal", então, pressione este STF #STFVergonhaNacional para que eles não venham a envergonhar ainda mais a nossa Justiça! #LulaNaCadeia 


Que tiro foi esse?

No dia de ontem, 27/03/2018, fiquei sabendo que a caravana do Lula foi alvejada[3]. Com o estatuto do desarmamento em vigor, podemos ter a certeza de que não foi nenhum cidadão de bem que deu os tiros. Acredito que a insatisfação popular, gerada pela impunidade e pelas decisões do STF, está colocando lenha na fogueira e exaltando discursos. Uma coisa é certa, este evento vai ser usado para vitimizar ao máximo o réu condenado, que continua a fazer campanha ilegalmente. A vitimização do réu vai inflar ainda mais a revolta e isso vai gerar ainda mais conflitos. E se o STF conceder liminar para que ele concorra, teremos uma revolta ainda maior!  




[1] O Antagonista: https://www.oantagonista.com/brasil/lula-ja-esta-inelegivel/

[2]Correio: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2018/03/27/interna_politica,668965/nos-sentimos-envergonhados-diz-desembargador-sobre-decisao-do-stf.shtml

[3] Istoé: https://istoe.com.br/apos-tiros-em-onibus-de-lula-deputados-do-pt-se-reunem-com-jungmann/