segunda-feira, 30 de março de 2015

Brasília

Com tanta notícia sobre corrupção, e com essa crise política, eu temo pela imagem de minha cidade. Brasília é mais que política e leis. Ela tem vida, moradores dignos e vai além do Congresso e do STF. Por isso, relanço aqui um poema que fiz para a Antologia dos Cônsules da Real Academia de Letras do Brasil e na qual presto homenagem a ela!





Minha Brasília!

Minha Brasília possui curvas,
Desenhadas à mão por um mestre,
Formosa construção em tons de branco e cinza,
Enfeitada pelo verde campestre.

Outros tons existem,
Como o dourado dos corações de seus habitantes,
Ou o espírito prateado dos que aqui vivem.
É um verdadeiro arco-íris de cores abundantes.

Venha Brasília conhecer,
Esta formosura de construção,
E se encante com as cores de nosso amanhecer,

E veja porque tanta paixão!




Antologia dos Cônsules
Real Academia de Letras
Porto Alegre- 2013
ISBN: