segunda-feira, 31 de outubro de 2022

A política de um certo país!

 Em uma determinada eleição, de um certo país, eu aprendi que o ilegal compensa. Sim! É uma lição importante a ser aprendida. Já sei que se for assaltado na rua, não devo prestar queixas na delegacia. Isso é bobagem da minha parte. Devo deixar ser roubado. Um dia, quem sabe, esse que hoje me rouba, governar-me-á amanhã. Nunca se sabe, não é? Afinal, ele aprendeu, bem antes de mim, o segredo desse certo país. É meu veterano! E metade da população, desse certo país, votou na volta de um famoso indivíduo que não devo pronunciar, ou terei a polícia batendo na minha porta. Aprendi que é aí que a polícia é importante. Não é combatendo um crime qualquer, mas combatendo uma opinião qualquer. É aí que está a beleza desse certo país: o poder de calar adversários. Somente uma parcela da população pode se expressar. A outra metade não pode. Em que metade eu estaria? Não importa, para ser sincero. O importante é que aprendi sobre os cidadãos e a política! 


Usando matemática simples, se eu tiver quatro vizinhos nesse país, dois, provavelmente, não se importam com ética e um está em cima do muro. Isso é outra coisa que aprendi: a política está acima da ética! A política está acima até de Deus! Quão poderosa é a política, quando ela está do seu lado! Até certos padres seguem melhor a política do que o Evangelho. Se a política estiver ao seu lado, você tudo pode!  Quando ela está contra você, você nada pode. Nesse sentido, aprendi também a não confiar em quem está ao meu lado. É meu inimigo! Agora sim, compreendi aquele certo país. 


*Texto que possui ironia em certas partes. Fictício!


Isso me inspirou um certo poeminha, baseado até em um livro meio esquecido, que alguns chamam de Bíblia. Será em maiúsculo mesmo? Eu não tenho mais certeza. Bom, esse é o poeminha em estilo haikai:


Morrer é lucro;

Viver é condenação;

Minha danação.


Bonitinho, né? Entretanto, o importante é que eu aprendi. A política é forte! Vou ficar bem quietinho. Não vou confiar em ninguém, pois pode ser que eu esteja lado a lado com a pessoa que aprendeu, antes de mim, sobre essa política. Devo mostrar sempre respeito aos veteranos. 


Sim, eu aprendi minha lição e, até ser levado embora desse mundo, eu devo praticar esse ensinamento. 


“A política tem a sua fonte na perversidade e não na grandeza do espírito humano”.Voltaire

A política de um certo país!

 Em uma determinada eleição, de um certo país, eu aprendi que o ilegal compensa. Sim! É uma lição importante a ser aprendida. Já sei que se ...