segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Sete de setembro! Explicando o contexto de um poema!

 Como já sabem, e eu deixei escrito aqui à época em que Moro deixou o governo (https://www.outrospapos.com/2020/04/para-mim-ja-deu.html), que eu deixei de apoiar o governo Bolsonaro. Como bem disse o ministro Alexandre de Moraes, usar a Polícia Federal para interesses do governo é desvirtuar as funções da polícia. Já dava impeachment. E, mesmo assim, as pessoas ainda tinham uma esperança nesse presidente. Ele se aproveitou disso e conclamou uma manifestação para o dia 07 de setembro do ano passado. O povo foi às ruas e o povo foi traído mais uma vez. Ele usou seu prestígio para ganhar apoio do centrão. Ele usou o povo!




Vejam vídeo acima. Ele chamou o povo para as ruas e depois se fez de desentendido. Isso foi de uma sujeira sem tamanho. Como eu sempre disse, nós precisamos nos apegar a valores e não a líderes. Um líder pode se desvirtuar. Agora que o contexto do poema foi explicado, ei-lo aqui:


Por liberdade, se combate;

Um povo em um embate;

Lutar para não calar;

Combater, para o direito a falar não perder.


Hoje, no Brasil, nos erguemos contra a mordaça;

Impedir que o Brasil caia em desgraça;

Pedimos a Deus proteção;

Lutar, orar e não calar. Nossa lição!


Abraçamos a liberdade;

Contamos a nossa verdade;

Escrevemos ao mundo nossa intenção;

Não à ditadura! Sim para nossa libertação!

Po

Eu Escritor!

Participei da seleção de textos do projeto Apparere, da editora Perse, e estarei nas páginas da antologia com o texto abaixo. O texto foi pe...