Postagens

Mostrando postagens de Agosto 11, 2019

Silent Archives!

Imagem
Nota DEZ!


Silent Archives é um dos melhores quadrinhos nacionais que li esse ano! É uma coletânea de trabalhos do autor Luiz Gustavo (Riojin). Na obra estão muitos trabalhos premiados e uma história inédita. As histórias seguem um elemento comum: não possuem diálogos, que é uma exigência de um concurso internacional chamado Silent Manga Audition, no qual o autor já foi diversas vezes premiado. E seu reconhecimento é justo!
Existe uma característica poderosa que pode ser facilmente percebida na arte do autor, que Ricardo Cruz (vocalista, membro do grupo Jam Project) resumiu perfeitamente e que eu concordo plenamente: “Ele conseguemisturar com fluidez um traço mais sério com outro mais humorístico e escrachado. Essa combinação dosada na medida costuma criar uma narrativa muito gostosa de ler”. É, de fato, um elemento muito poderoso na arte do Riojin.
Outro ponto incrível na obra é que ela consegue passar, transmitir, a paixão que ele sente pelos quadrinhos. Ao ler a obra, você consegu…

Folhas secas!

Imagem
As folhas secas; Não viram nossa paixão; Morreram em vão!







Conto do Morvo!

Imagem
Em um reino muito distante, chamado de Brazópolis, existia um clã que praticou muitas irregularidades enquanto estava no poder. Esse clã dominava a corte suprema de Brazópolis, pois tinha dentro do tribunal muitos vassalos. E essa corte se esqueceu do que seria a verdadeira justiça, e destruiu a lei máxima que protegia o país de Brazópolis. E esse conto é sobre isso e a guerra que se desenvolveu contra o crime e seus tentáculos.
***** E um dia com bastante frio, uma garotinha se aproxima da casa de seu avô. Em frente a uma lareira quentinha, o velho senhor a vê chegando e se levanta para ir em direção à porta. Ele a recebe com um carinhoso abraço e recebe dela um amoroso beijo.
--- Venha para perto da lareira se esquentar. Eu vou te trazer um leite quente com biscoitos. --- disse o senhor cobrindo sua netinha com um cobertor nos ombros.
--- Vovô! O que foi o dia de Morvo? --- disse a garotinha se aconchegando perto da lareira quentinha.
--- Minha linda, foi o dia em que a escuridã…