Pular para o conteúdo principal

Os erros de ontem!


No dia de ontem, 15 de maio de 2019, os movimentos de esquerda, mascarados de um movimento espontâneo, usaram de uma mentira para provocar o governo. Sim, para saber se a origem do protesto é espontânea, ou não, basta pegar qualquer imagem que circula e ver quantas bandeiras vermelhas estavam presentes. Muitos movimentos de esquerda presentes e organizando toda a estrutura, então, não foi espontâneo e foi de esquerda.  

A pauta principal deveria ser a educação, mas vimos nas ruas outras manifestações como “Lula Livre”, o ódio contra Bolsonaro, e questões de ordem contra a reforma da previdência. É muita incoerência, então, vamos por partes e vamos deixar isso em apenas três partes.


1ª Parte: Corte de 30%.

Não houve corte, mas um contingenciamento de 3,5% do valor total investido. Em uma universidade que recebe 100 milhões de reais, além de estarem garantidas as despesas fixas e salários já reajustados, o ministro apenas pediu que segurassem 3 milhões desse valor. SEGURASSEM! Não houve corte, mas um pedido para que o dinheiro não fosse gasto no momento.  Com a palavra o vice-presidente da República e o ministro da Educação.


Mourão




Abraham





2ª Parte: Lula Livre!

Ué? Não era para defender a educação? Muitas bandeiras de esquerda pedindo a liberdade do réu que CORTOU verba da educação e da saúde, além de gastar dinheiro em ditaduras e ter sido condenado por corrupção. Condenado em primeira instância, condenado em segunda instância e condenado, recentemente, em uma terceira instância (STJ). Ele foi o maior inimigo da educação, pois, além dos cortes na área, tanto ele, como a ex-presidente impedida Dilma e o vampirão Temer, não fizeram as reformas necessárias para impedir que a situação chegasse a esse ponto lastimável. A manifestação, em sua incoerência, pediu a soltura de um réu condenado e que destruiu a educação do país.



Veja os números da nossa educação em rankings internacionais.

O Globo: Colômbia ultrapassa Brasil em ranking de educação com foco em professores e avaliação de aprendizagem


3ª Parte: Estavam manifestando também contra a reforma da previdência.

Olha, a situação do contingenciamento só chegou nesse nível pois não houve a reforma da previdência em governos passados e, no governo atual, o “centrão” está arrastando a situação como uma lesma. Se manifestar contra a reforma da previdência, que garantiria dinheiro para segurança, educação e saúde, é mais uma incoerência dos movimentos de ontem.  


   


"Este país não reformou a previdência. Hoje, sua população está quase 50% mais pobre"

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/ideias/este-pais-nao-reformou-a-previdencia-hoje-sua-populacao-esta-quase-50-mais-pobre/

Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.


Conclusão

A conclusão que se chega é que a manifestação de ontem se baseou e uma mentira (um falso corte de 30% na educação) para pedir a soltura de um réu e a manutenção da crise, pois foram contrários também à reforma da previdência. Além disso, pelos erros de português que vimos nos cartazes, o ministro ainda acertou em destinar maior atenção ao ensino básico.   


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diego Rox e o Jardim das Borboletas

Diego Rox e o Jardim das Borboletas
Como sabem, sou inscrito do canal do Nando Moura, ou seja, sou um dos “bots” do canal. Sobre este assunto, está até engraçado. Vou escrever sobre isto antes de entrar no assunto. Os adversários que temem a verdade nos ofendem com termos que não condizem com nosso real comportamento. Ficou engraçado, porque, se juntarmos todas as ofensas em uma frase, eu acabo virando um “robô, com recurso de bot, nazista e fascista, que não gosta de odores fortes”, por isso, está engraçado ver esta situação. Fui reduzido a um robô Windows 10, que não gosta de pum.
Ao assunto. Através do vídeo do Nando, sobre o uso de bots, eu acabei conhecendo o canal do Diego Rox. Veja um vídeo abaixo. Ele parece ter uma agenda parecida com a do Nando Moura, isto é, ele é cristão, pois acredita em Deus e em Cristo, prega ação contra a corrupção, homenageia os verdadeiros heróis anônimos, é caridoso e defende a liberdade. Uma agenda que também me aproxima dele, por isso, hoje, esto…

Cavaleira ou Amazona? Veja a resposta!

Amazona ou Cavaleira?
    Em meu tempo de colégio, nas décadas de 80 e 90, nos foi ensinado que o feminino de cavaleiro seria amazona. Em uma prova, um colega marcou o feminino de cavaleiro sendo cavaleira e foi repreendido. Desta forma, fixei amazona como o feminino correto para o termo em questão, ou seja, mulher que anda a cavalo. Ao assistir Walkure Romanze, eu me deparei com a palavra cavaleira e me questionei. Inclusive, alertei-os para a forma que eu julgava correta, mas sem retorno positivo. Deste modo, fui pesquisar para ver se a expressão estaria correta.


    Nestas pesquisas, encontrei um professor que prontamente me respondeu a esta questão. O caso estava solucionado com uma bela lição que, agora, repasso a vocês. Com a palavra o professor Ari Riboldi.
    No meu tempo de estudante, no ensino primário e no ginásio, também se aprendia assim: cavaleiro (masc.), amazona (fem); cavalheiro (masc.), dama (fem.). No entanto, os dicionários registram o termo 'cavaleira' …

Será o Veredito?!

Canal Será o Veredito?!
Foi a primeira recomendação do Youtube que gostei de ter recebido. Sobre o canal: “O Direito tá na mídia! O Direito tá na moda! Um juiz de direito se torna celebridade nacional. Tribunais transmitem suas sessões ao vivo pela televisão. Os meios de comunicação não se cansam de veicular notícias jurídicas. Mas, o mundo jurídico possui formalidades que dificultam a compreensão dos seus temas pelo cidadão que não tem formação no direito. Muito se fala; pouco se explica. Por isso surgiu o "Será o Veredito!?". Um canal que traz informações sobre o direito com uma linguagem simples, clara e objetiva.”



O primeiro vídeo que vi desse canal foi uma resposta ao Bugalho. Uma resposta baseada em livros, mostrando a fonte de seu conhecimento e minando, com ótimos argumentos, a posição de seu opositor. Todos os vídeos que assisti foram assim, com a fonte de leitura em mãos. Ele já se disse de centro-direita, o que o faz ser um aliado natural da liberdade e da proprie…