Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 18, 2018

Drops: Animes no México e no Brasil

Imagem
Drops: Animes no México e Brasil


Fiquei imaginando o que levaria uma empresa a descumprir uma promessa feita ao público. A Konnichiwa Festival (Kem Media) prometeu o lançamento de várias animações japonesas em toda a América Latina, o que incluiu o Brasil neste pacote, nos cinemas. No entanto, por aqui não vimos nada. Fui buscar uma resposta na bilheteria mexicana.
Acredito que o desempenho fraco dos filmes pode ter influenciado na decisão de não cumprir o que foi prometido. A bilheteria mexicana[1]  foi muito fraca. A Silent Voice, por exemplo, foi o filme com maior arrecadação e não passou de 500 mil dólares, ocupando a posição de número 123, porém, um resultado fraco não poderia ser usado para medir o desempenho de outros países. Se pegarmos “Naruto The Last[2]” vemos que a bilheteria brasileira foi quase igual a bilheteria mexicana, ou seja, o Brasil poderia dobrar os ganhos da empresa. Eu acho que este não foi o fator determinante.
Quando se faz um plano de negócios, é preciso …

Até breve!

A dor de perder alguém é comparável a uma punhalada; Corta o tecido e cria hemorragia. Uma dor intensificada; Pior é perder uma amiga, uma pessoa amada; Alguém com quem conversei, dei risada.
A dor de perder alguém é comparável a uma punhalada; Corta o tecido, cria hemorragia, dor intensificada; O coração se aperta, tentando suportar; Sufoca, se comprime, quer chorar.
Resta-nos o consolo do espírito; Tudo o que ela deixou marcado, escrito; As ações que ela teve em vida; Ela viveu por boas ações e belas lembranças, uma missão cumprida;
Resta-nos o consolo do espírito; Tudo o que ela deixou marcado, escrito; O espírito vive, se transforma, evolui em um plano vindouro; E me faz crer que o “adeus” de hoje será um “olá” no futuro.









O Judiciário ao alcance de todos!

Imagem
O Judiciário ao alcance de todos


Estamos vivendo um tempo especial em nossa justiça, no qual os juízes estão determinando os rumos de nossa política. Muitos juízes comprometem-se com a verdade e as leis, como Moro e os desembargadores do TRF 4, que estão mantendo o rigor das sentenças para os grandes corruptos e corruptores do Brasil. Eles são um orgulho para o Brasil.
Já outros, como ministros do STF, estão arruinando a Constituição Federal como, por exemplo, Fachin ignorando a súmula 691:
“Não compete ao Supremo Tribunal Federal conhecer de habeas corpus impetrado contra decisão do Relator que, em habeas corpus requerido a tribunal superior, indefere a liminar.
Data de Aprovação Sessão Plenária de 24/09/2003
Fonte de Publicação DJ de 09/10/2003, p. 5; DJ de 10/10/2003, p. 5; DJ de 13/10/2003, p. 5.”
Ou, como lembram, Lewandowski, presidindo a sessão de julgamento do impeachment da Dilma, que manteve seus direitos políticos, contrariando a lei 1079/50 que versa no “art. 2º Os crim…