quarta-feira, 9 de maio de 2018

O papa e as armas!









O Papa disse que precisamos de um mundo sem armas;
Para vivermos sem medo da guerra;
São os discursos da esquerda os nossos carmas;
Afinal, a violência é inerente ao homem nesta terra.

Sansão matou com as mãos um leão;
A filha de Herodias dançou pela cabeça de João;
Nos dois casos não havia armas, somente o desejo;
Desejo de eliminar algo, um intuito, um ensejo.

Não é o cano da arma que mata;
É o dedo no gatilho que peca;
Para um coração determinado basta uma faca;
Ou um graveto, uma dança, uma queixada de burro ou uma caneca.

Não são as armas o real mal;
Mas de Deus um coração distante;
A violência que nasce pela ausência da moral;
Esta sim é o mal ultrajante.

Quer um mundo sem morte?
Deseje um coração sem maldade, remido;
Somente um coração em Cristo é forte;
Resiste à violência, fruto do castigo.


O discurso no Twitter do papa Francisco é reflexo da agenda do desarmamento, que é uma agenda da esquerda. No entanto, como toda a agenda da esquerda, ela possui falhas. Deixo aqui, então, dois vídeos. Um sobre o estatuto do desarmamento, do Nando Moura, e o outro um AMV com danças. O AMV (Anime Music Video) é uma provocação maldosa da minha parte. :) 





 Quando a filha de Herodias entrou e dançou, agradou a Herodes e aos convidados. O rei disse à jovem: "Peça-me qualquer coisa que você quiser, e eu darei". E prometeu-lhe sob juramento: "Seja o que for que me pedir, eu darei, até a metade do meu reino". Ela saiu e disse à sua mãe: "Que pedirei?"
"A cabeça de João Batista", respondeu ela.
Marcos 6:22-24

Vamos dançar?