quarta-feira, 21 de março de 2018

Um amor que doe!


Existe amor que não satisfaça?
Se não existe prazer, não é amor;
Se não existe aquela sensação que te laça;
Não é amor, pois falta aquele princípio mor.

O amor tudo suporta;
O amor, para além do mal, aporta.
O amor respira.
O amor inspira.

O princípio do amor é a ação;
Para amar é preciso agir;
A ação de doação;
Ao outro suprir.

Se o sentimento não te leva a agir;
Se não te leva a doar;
Se não te dá a sensação de respirar;
Se não te deixa fluir.

Não é amor.
Vai te levar à dor.
Vai Sofrer.
Pode Morrer.

O amor não pede nada disso.


**********

Aqui embaixo eu deixo a abertura da série Golden Time, que está disponível no Brasil via Crunchyroll. No princípio do seriado, Koko tenta manter um relacionamento, contra  a vontade do outro parceiro. Após um tempo, ela se apaixona por um outro rapaz e é correspondida. Ele a aceita com todas as qualidades e defeitos que ela apresenta. Os dois se suportam, se doam, se complementam. É a melhor definição deste poema. E, sim, como devem ter percebido, por causa de outra abertura (After The rain), eu gosto de ver as personagens femininas dançando. 😊