Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 7, 2017

Drops: World Trigger e Love Live!

Drops: World Trigger e Love Live
World Trigger
Este animê da Toei chegou sem fazer muito alarde. Ainda estava sendo transmitido junto com a grande sensação daquela temporada, que era o novo seriado da franquia Fate. E ele se destacou. E isso me impressionou. Grande parte disso se deve à desilusão com Fate, pois esperava mais da série e que não foi entregue. World Trigger permaneceu com qualidade e entregou uma série divertida e, portanto, queria que ela tivesse uma continuação.


Love Live Aqours
O novo clipe musical da série Love Live, que também possui um jogo, está realmente muito bonito. Faço a divulgação aqui, porque merece destaque. O interessante é que ele é todo animado, como a maioria dos clipes desta série. Eu sempre disse, com a evolução do 3-D, que o futuro das produtoras era apostar em idols virtuais, como a Hatsune Miku. Ainda acredito nesse futuro.

A Dor e a Caneta!

A caneta sofredora;
Escreve em sangue sua dor;
Colocando no papel esperanças de uma alma sonhadora;
Orando por um futuro melhor.


A caneta agora exausta;
Sorri para uma vida agora vasta;
Retirou de si toda dor;
Alcançando um futuro melhor com louvor.


Os dois personagens que aparecem aqui são um escritor e uma desenhista. Ambos trabalham para lidar com a dor da perda de seus pais. Um escreve para desabafar e, mais recentemente, para alcançar o coração da irmã. A outra desenha para estar digna das palavras do irmão. E eu me vi muito ligado a esta história, pois eu escrevia, e ainda escrevo, para transmitir minhas paixões, pensamentos e, desta forma, lidar com meu interior e minhas feridas. Exatamente como eles e, por isso, deixo este pequeno poema que descreve como eu vejo o interior deles.

Um Discurso Falho!

A eterna divisão do "Nós X Eles"!


A definição da luta de classes, do “eu x você”, é a base determinante do socialismo, na qual “para Marx e Engels a história de todas as sociedades é a história destes conflitos fundamentais, o qual eles chamam de luta de classes. Segundo essa lógica, para compreender a história seria necessário investigar como, em diferentes épocas, as classes mais e menos privilegiadas entraram em confronto para garantir seus interesses” (Classes Sociais de Camila Betoni), ou seja, o socialismo se alimenta desta disputa para existir. Sem a luta de classes, não existiria o socialismo.
Deste forma, o PT fez uma pesquisa para saber se seu eleitorado ainda compra esta ideia, com a pesquisa “Percepções e Valores Políticos nas Periferias de São Paulo”. Esta pesquisa concluiu, de forma interessante, que “no imaginário da população não há luta de classes; o 'inimigo' é, em grande medida, o próprio Estado ineficaz e incompetente, abre-se espaço para o '…