quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Toradora e o amor que a tudo vencerá!

Alguns problemas apresentam-se como muralhas;
Olhamos para eles e nos desprezamos;
Preferimos ficar com migalhas;
Nos encolhemos,  não reclamamos.

O medo de não ser amado;
Por causa de um aspecto qualquer;
Isso é uma muralha que afeta a todos e, em especial, a mulher;
E isso pode ser evitado.

O amor virá mais cedo ou mais tarde;
Pois essa muralha cairá;
O amor não se prende. Ele vence. Ele dá liberdade.
O amor a esta muralha vencerá.


TORADORA
Escrevi esse poema pensando na personagem Taiga, chamada de “tigre de bolso” pela sua estatura e temperamento. Ela achava que nunca encontraria o amor, por causa de seu tipo físico. O amor a encontrou. Assistam a este lindo vídeo e entenderão melhor.