quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Tiranos!

A Paz nos foi garantida por nossos antepassados;
Pessoas valentes que ergueram-se revoltados.
A bandeira da liberdade ecoou com um grito;
Contra o braço opressor maldito!

Tiranos surgem e caem, pois são mortais;
Eles sacrificam a muitos! Animais!
Como a tudo querem destruir, em sua breve vida;
Só nos resta a luta como solução e saída.

Se um novo tirano surgir;
A liberdade irá sua bandeira fulgir!
Não cairemos sobre seu braço opressor;
Lutaremos até, por fim, superar seu terror!