sexta-feira, 21 de julho de 2017

Troféu Didi Mocó, Clichês & Boku no Hero!


Drops

Troféu Didi Mocó



Quem acompanhou Os Trapalhões na Globo, conhece o personagem Didi Mocó, interpretado por Renato Aragão. Ele era preguiçoso, malandro, adorava não trabalhar, armava para cima dos amigos e sempre se saía bem das confusões. Em Akashic Records, vimos um professor com as mesmas características. Professor Glenn, obrigado por me lembrar deste maravilhoso personagem da minha infância. O Troféu Didi Mocó é seu com orgulho! abaixo a abertura da série também disponível via Crunchyroll.






Boku No Hero Academia (Crunchyroll)




Finalmente, chegou ao Brasil, via Crunchyroll, a série My Hero Academia. Coloquei em dia os episódios essenciais e estou gostando muito do enredo. Futuramente, vou até elogiar a série, pois tenho me divertido muito com ela,  entretanto, um dos arcos da série me lembrou um clichê que vou explicar abaixo.


Clichês

Clichê é uma estrutura narrativa que serve como base para a construção de um enredo, assim como um esqueleto serve como sustentação para o corpo. Clichês são eficientes e se repetem em diversas histórias. Se bem usado torna o enredo muito interessante, se mal usado ele se torna sem criatividade e chato. Um clichê comum em mangás e animês é o maldito 1º Torneio, ou Festival ou Campeonato. Ele se tornou maldito, porque o herói sempre perde este campeonato, caso o clichê seja respeitado. Exemplos de séries nas quais o personagem falhou no seu primeiro campeonato: Pokemon, Ace no Diamond, Kuroko No Basket, Boku No Hero Academia e Little Witch Academia (série).

No caso de Boku No Hero, eu nem terminei de assistir ao campeonato, de tão chato que esse clichê se tornou, apesar do torneio em si ter sido bem nteressante. O curioso é que em Boku no Hero, como em Kuroko e Ace no Diamond, o personagem mais babaca ganha o torneio. Isso está tão desgastante e ridículo que, quando for noticiado, em qualquer série, que o personagem terá seu primeiro torneio, eu não vou assistir. Vou esperar a conclusão do mesmo e, dependendo do resultado, vejo em maratona ou me mantenho afastado.  Apesar disso, Boku no Hero tem uma história cativante e personagens super carismáticos. Faz sucesso merecido, pois é bem caprichado. Eu recomendo a série, pelos seus outros arcos.