sexta-feira, 5 de maio de 2017

Drops: Adaptações e Sequências!


Drops: Adaptações e Sequências
Textos com spoilers! Spoilers Alert! Cuidado! Corra! Spoiler! Spoiler! Spoiler! Hadouken! Spoiler! Spoiler! Meteoooru de Pegasúúú! Spoiler! Spoiler!

Adaptações

Não escrevo apenas como um fã, mas como um autor também, sobre adaptações de obras para outros meios de comunicação. Tanto como fã, quanto como autor, eu gostaria que as adaptações fossem fiéis ao material original. Foi o material original que repercutiu positivamente e impulsionou, para outros meios de comunicação, a história a ser contada, portanto, a fidelidade na adaptação é regra essencial para não desagradar aos que conheceram a obra inicial. Claro, existe uma única exceção a esta regra: a demanda do público. Aqui se forma uma parceria: autor e público. Caso o autor tenha escrito/criado algo que tenha desagradado ao público, a chance para reconciliar visões vem justamente na adaptação. No mangá de Fuuka, por exemplo, Fuuka morre e isso causou uma onda de ódio no público. O diretor da série corrigiu isso, ou não quis se arriscar, e deixou Fuuka viva. Ele a salvou e ele acertou na decisão! Eu só aceito alterações na adaptação se partir do próprio autor, ou de uma demanda do público. Por exemplo, o autor de The Walking Dead se arrependeu de ter matado o Glen. Ele poderia pedir ao diretor da série que o poupasse. Então, este é um resumo básico de como eu acho que as adaptações devam ser.   



Sequências
Uma das séries que eu mais desejo ver uma sequência é Gate. Gostei da história, da forma como os clichês foram usados, da forma madura como a história se desenrolou, da música, enfim, foi uma das minhas séries prediletas em temporada passada. E ela possui material para uma segunda temporada e vendeu bem, então, acho que é só questão de tempo até ver alguma coisa saindo para esta franquia. Deixo um clipe (AMV) com a personagem que eu mais gosto nessa série!